YouTube pode lançar serviço de streaming de vídeos livre de anúncios

Por Redação | 29 de Setembro de 2015 às 08h45

Rumores sobre uma possível assinatura do YouTube vêm circulando na web há algum tempo e, agora, a informação parece estar se concretizando devido a um e-mail que a empresa enviou a alguns produtores de conteúdo.

A mensagem fala sobre novos termos e políticas de uma versão livre de anúncios, que deve começar a funcionar a partir do dia 22 de outubro. Veja uma parte do comunicado:

"Por anos, os fãs do YouTube estão nos dizendo o quando eles querem ter mais escolhas quando estão assistindo o seu conteúdo preferido, mais maneiras de apoiar os seus criadores favoritos e, acima de tudo, a opção de assistir os seus vídeos preferidos sem interrupção. Para dar aos fãs mais escolhas, nós estamos lançando uma nova versão do YouTube sem anúncios, disponível aos fãs por uma mensalidade. Este serviço vai criar uma nova fonte de renda além da venda de anúncios".

Estes produtores podem aceitar ou não os novos termos, mas caso não aceitem o seu catálogo de vídeos será retirado da exibição pública e monetização nos Estados Unidos. Ainda de acordo com o comunicado, a assinatura da plataforma tem relação com o YouTube Music Key, ou seja, o assinante pagaria US$ 10 por mês para ter acesso ao YouTube sem anúncios e ao streaming de músicas.

O YouTube Music Key foi lançado em novembro do ano passado e funciona da mesma forma que os concorrentes Spotify e Apple Music.

A companhia ainda não divulgou informações sobre a novidade, então não se sabe ao certo se o prazo do dia 22 de outubro é para o lançamento do serviço ou o prazo limite para que os produtores de conteúdo aceitem os termos.

YouTube Red

Na semana passada, o site Android Police divulgou o que parece ser o nome do novo serviço de streaming da companhia. O "YouTube Red" apareceu na última versão do aplicativo para Android em forma de alerta durante a execução de um vídeo e como um pop-up.

Fonte: Re/Code