YouTube oferecerá lives gratuitas para atuais e futuros criadores de conteúdo

Por Beatriz Vaccari | 20 de Julho de 2020 às 16h07
unsplash/CoWomen
Tudo sobre

YouTube

Saiba tudo sobre YouTube

Ver mais

O Google Brasil completa 15 anos de existência nesta semana e resolveu celebrar o marco oferecendo o Aulão para Criadores, uma série de lives gratuitas sobre como se tornar um criador de conteúdo e utilizar diversos recursos disponíveis na plataforma, da produção de vídeos ao acompanhamento de métricas e geração de receita. De acordo com a empresa, o projeto não é focado só em quem já está no ramo, mas também em quem tem interesse de produzir conteúdo para web, mas ainda não sabe por onde começar.

As lives servirão para educar e inspirar atuais e futuros criadores, mercado que registrou alta desde o início da pandemia, em que a maioria das pessoas cumpre o período de isolamento social em suas casas. A Squid, empresa especializada em marketing de influência, divulgou um estudo no qual observou um salto de 24% na taxa de engajamento dos criadores de conteúdo e 27% no alcance do Stories no Instagram.

Com inscrição gratuita que deve ser realizada através do site oficial, a programação terá início a partir das 17h desta segunda-feira (20), com lives até sexta-feira (24) no canal YouTube para Criadores. As aulas contarão com a participação de diversos criadores que, juntos, somam mais de 45 milhões de inscritos em seus canais: Fábio Porchat (Porta dos Fundos), Gabi Oliveira, Luba; Iberê e Mari (Manual do Mundo) e Leon e Nilce (Coisa de Nerd).

"[O projeto] é uma forma de retribuir aos usuários com uma agenda pensada especialmente para o nosso mercado”, explica a diretora do YouTube Brasil Patrícia Muratori.

Diversos temas

As aulas vão abordar os mais diversos aspectos para a criação e crescimento sustentável de um canal no YouTube. Confira os temas que serão apresentados:

  • Princípios fundamentais para guiar sua estratégia de conteúdo no YouTube;
  • Políticas de conteúdo do YouTube;
  • Como monetizar seu canal;
  • Análise de métricas e resultados;
  • Direitos autorais;
  • Técnicas para produção de vídeo (áudio, iluminação, enquadramento, roteiro).

"O objetivo é apresentar um conteúdo didático para sanar dúvidas recorrentes, além de buscar igualar o conhecimento da nossa comunidade de criadores e ajudar a formar uma nova geração mais diversa e comprometida com a qualidade dos conteúdos", completa Muratori.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.