YouTube libera transmissões ao vivo pelo celular para todos

Por Redação | 18 de Maio de 2017 às 13h11

O YouTube está derrubando mais uma barreira em sua comunidade de usuários e, agora, vai permitir que qualquer pessoa faça uma transmissão ao vivo pelo celular. Até o momento, apenas canais com mais de mil inscritos tinham acesso à função, que começou a ser liberada para todos os usuários do sistema operacional Android nesta quinta-feira (18).

O Google não fez um anúncio oficial sobre o assunto, mas a possibilidade já aparece na versão atualizada do aplicativo do YouTube para a plataforma. Ao clicar no ícone da câmera no canto inferior direito da tela, uma opção para entrar ao vivo aparece ao lado dos já conhecidos botões de gravar ou de enviar vídeos que estão armazenados na memória do dispositivo.

Como em todas as suas outras versões, é claro, alguns critérios precisam ser seguidos. Enquanto o total de seguidores não é mais um empecilho, os usuários precisam ter suas contas em bom estado e verificadas pelo YouTube, sem strikes relacionados a direitos autorais ou outros tipos de sanções relacionadas a violações no termos de uso da plataforma.

Antes da mudança, o streaming ao vivo era liberado somente através do computador. No passado, ainda, era preciso um canal com mais de 10 mil inscritos para iniciar uma transmissão, o que acabou limitando a função somente a produtores de conteúdo maiores e motivou o YouTube a, rapidamente, reduzir o mínimo necessário.

Na medida em que a plataforma se torna cada vez mais um local de criação de material ao vivo — e enquanto o Google tenta competir com seu grande rival, o Twitch, e também o Facebook, que vem correndo por fora — a liberação generalizada faz sentido. A atualização para o aplicativo no Android pode não estar disponível para todos, algo que deve acontecer nos próximos dias. Por outro lado, ainda não existem comentários ou previsões sobre o lançamento para iOS.

Fonte: YouTube

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.