YouTube lança seus primeiros filmes e seriados originais na próxima semana

Por Redação | 05.02.2016 às 08:29
photo_camera Divulgação

O YouTube vai dar o primeiro passo rumo à concorrência séria com Netflix, Hulu, Amazon Prime e outros serviços de streaming de vídeo. Na semana que vem, estreia na plataforma a sua primeira leva de conteúdos originais, tendo como carro-chefe a série Scare PewDiePie, estrelada pelo sueco Felix Kjellberg — dono do canal PewDiePie e youtuber mais bem pago do mundo em 2015. Todo o conteúdo estará disponível apenas para membros do YouTube Red, o plano de assinaturas por US$ 10 mensais do portal de vídeos do Google.

Tudo vai ao ar em 10 de fevereiro (próxima quarta-feira) e o objetivo é, claramente, faturar em cima da alta popularidade da plataforma usando alguns dos nomes mais conhecidos do site. “Os criadores por trás destes filmes são dinâmicos e diversos, já tendo construído audiências massivas no YouTube, rivalizando com muitos programas da TV a cabo”, escreveu em uma postagem a chefe global de conteúdo original do YouTube, Susanne Daniels.

Mais novidades

A série com PewDiePie é uma espécie de reality show de aventura, acompanhando parte do cotidiano da maior estrela do YouTube. Além disso, outros três filmes originais também debutam na próxima semana: A Trip to Unicorn Island, um documentário sobre a turnê mundial de Lilly Singh; o drama musical adolescente criado pelo canal Awesomeness TV; e ainda Lazer Team, uma comédia de ação feita em parceria entre o canal Rooster Teeth e a produtora Fullscreen Films.

Outra novidade anunciada foi o lançamento de um canal dedicado a promover o conteúdo original produzido pelo YouTube — confira aqui. “E estas séries e filmes são apenas o começo”, escreve Daniels, ex-diretora de programação da MTV. “Nós temos muito mais emoções, calafrios, gargalhadas, sorrisos, romances e surpresas das suas estrelas favoritas do YouTube chegando ainda neste ano”, garantiu.

Nunca é demais lembrar, o YouTube Red ainda não está disponível no Brasil e também não há previsão de quando ele vai chegar por aqui.

Fonte: YouTube Official Blog