YouTube inicia campanhas para homenagear as mulheres

Por Redação | 08 de Março de 2017 às 14h59
photo_camera J. Howard Miller

Neste Dia Internacional da Mulher (8), o YouTube está iniciando algumas campanhas para amplificar as vozes femininas, homenageando e inspirando criadoras de conteúdo. O portal de vídeos do Google levanta a bandeira em prol da luta das mulheres por mais direitos e reúne tópicos como debates sobre feminismo, mulheres na sociedade, mitos e esteriótipos, talentos femininos, autoestima das meninas, garotas geeks e gamers, empreendedorismo, educação e muito mais. Veja só:

#HerVoiceIsMyVoice - #AVozDelaÉAMinhaVoz

No mundo todo, a hashtag #AVozDelaÉAMinhaVoz (#HerVoiceIsMyVoice) é um momento para celebrar e compartilhar as vozes de diversas mulheres inspiradoras. No vídeo de promoção da campanha global, mais de 20 criadoras do mundo todo receberam destaque por conta dos debates promovidos em seus canais, entre elas, as brasileiras Nátaly Neri (/Afroseafins) e Taty Ferreira (/AcidezFeminina).

A campanha encoraja criadoras a publicarem vídeos com a hashtag para inspirar outras mulheres.

#PorQueMulher

E a partir de hoje, o YouTube Space e a Think Olga lançam a campanha #PorQueMulher, que visa contestar estereótipos e “mitos” envolvendo as mulheres na sociedade. O projeto conta com oito vídeos que questionam o porquê mulheres não aparecem em livros de história, o motivo das roupas femininas possuírem menos bolsos, qual a razão delas ganharem menos e porque não podem ser gordas, entre outros.

Aqui no Brasil, a madrinha do projeto é a YouTuber Maíra Medeiros (Nunca te Pedi Nada - 453 mil inscritos/22 milhões visualizações), conhecida também por esquetes e paródias que provocam e conscientizam sua audiência com temas sobre o universo feminino.

O projeto conta com a ajuda de mais 16 YouTubers, de diversos segmentos, em formato colaboração:

  • Luiza (Tá Querida) - 77.350 inscritos • 3.129.202 visualizações
  • Amanda (Tô de Crespa) - 45.679 inscritos • 1.327.664 visualizações
  • Barraco da Rosa - 14.514 inscritos • 520.496 visualizações
  • Nátaly Néri (Afros e Afins) - 162.824 inscritos • 4.559.263 visualizações
  • Alexandra (Alexandrismos) - 33.637 inscritos • 950.904 visualizações
  • Jéssica Tauane (Gorda De Boa) - 61.255 inscritos • 2.039.041 visualizações
  • Mariana (Vai uma mãozinha aí?) - 37.190 inscritos • 467.224 visualizações
  • Gabi Oliveira (De Pretas) - 55.676 inscritos • 1.781.642 visualizações
  • Maíra Azevedo (Tia Má) - 49.278 inscritos • 2.103.553 visualizações
  • Mari Nolasco - 827.325 inscritos • 30.905.860 visualizações
  • Ana Paula Xongani - 13.862 inscritos • 424.927 visualizações
  • Canal da Haru - 453.632 inscritos • 14.393.853 visualizações
  • Mag Halat - 21.392 inscritos • 510.352 visualizações
  • Nathália (Me Poupe!) - 386.417 inscritos • 11.497.713 visualizações
  • Hel Mother - 59.666 inscritos • 1.798.604 visualizações
  • Soul Vaidosa - 24.794 inscritos • 585.053 visualizações

Playlist empoderada da Turma da Mônica para o YouTube Kids

Para a nova geração, o YouTube Kids convidou a Turma da Mônica para criar sua própria playlist empoderada nessa data pra lá de importante. Os fãs da Turminha poderão encontrar nessa seleção, além de episódios da série Mônica Toy, vídeos de animação, desenhos, clipes musicais, entre outros. A ideia é mostrar para todo mundo como as meninas e mulheres podem ser elas mesmas, sendo fortes, inspiradoras e, claro, Donas da Rua.

Com essa lista, Mônica e toda a Turminha quer tornar ainda mais conhecido o Projeto Donas da Rua, que tem o intuito de trabalhar conceitos como a autoestima das meninas e seus direitos a oportunidades, além do empoderamento das mulheres na sociedade atual, algo que faz parte do DNA da Turma da Mônica desde o princípio.

Women in Gaming

As mulheres estão cadas vez mais presentes no universo de games. Por isso, o YouTube promoverá um dia de workshops para 20 criadoras de Gaming do Brasil inteiro na quinta-feira (9/3). O encontro tem por objetivo debater a presença feminina no mundo dos games e como isso se reflete na produção e consumo desse tipo de conteúdo no YouTube. No final, será realizada uma mesa redonda sobre mulheres na indústria e na mídia de games com representantes das áreas.

YouTube Ads Leaderboard - Edição Especial

O empoderamento feminino também começa a refletir nos anúncios que as mulheres optam por assistir no YouTube. São vídeos com mensagens-chave inspiradoras, que incentivam espectadoras de todas as idades, a seguirem adiante com coragem e superarem seus limites a cada dia.

Outros, motivam a elevação a autoestima com a valorização de todos os tipos de beleza e também a conexão entre homens e mulheres e seu papel igualitário na construção de uma sociedade melhor, abrindo a mente das pessoas para sua conexão com o mundo.

Veja a lista dos anúncios mais vistos, desta vez com mensagens de empoderamento mais assistidos por mulheres ao redor do mundo:

1. Unlimited You, 37,9 milhões de visualizações
2. #LikeAGirl – Keep Playing, 27,8 milhões de visualizações
3. #Pokemon20: Pokémon Super Bowl Commercial, 25,4 milhões de visualizações
4. Unlimited Future, 25,1 milhões de visualizações
5. Thank You, Mom - Strong | Rio 2016 Olympic Games, 22,3 milhões de visualizações
6. #LikeAGirl - Girl Emojis, 18,9 milhões de visualizações
7. The DNA Journey, 15,3 milhões de visualizações
8. Beauty on your own terms #MyBeautyMySay, 12,8 milhões de visualizações
9. The Vaseline Healing Project & Viola Davis Help Heal Skin Worldwide, 6,8 milhões de visualizações
10. Ladies' Room | #StressTest, 6,5 milhões de visualizações

Empreendedorismo, Educação e Empoderamento. Qual a melhor estratégia de marketing para a mulher de hoje?

Um artigo, em inglês, publicado hoje por Kate Stanford, diretora de marketing de anúncios do YouTube, mostra como os interesses do universo feminino também estão mudando e refletem no que as mulheres têm assistido, optando por assuntos como empreendedorismo, educação e empoderamento. O tempo gasto e o interesse por estes conteúdos só cresce:

  • Mulheres com idades entre 18 e 34 anos têm duas vezes mais probabilidade de pensar em uma marca que desenvolveu um anúncio empoderador e probabilidade quase 80% maior de gostar, compartilhar, comentar e assinar depois de assistí-lo;
  • Apesar de serem estereotipadas por assistirem conteúdos sobre beleza, as mulheres estão, na realidade, assistindo mais vídeos sobre "como fazer" do que os relacionados à beleza.
  • Além disso, contabilizamos que as mulheres passam mais mais de um milhão de horas assistindo os anúncios.
  • Mães da geração millenial priorizam mais sua personalidade, não somente a maternidade.
  • Anúncios sobre empoderamento estão ressoando como uma inclinação entre as mulheres.
  • Mais mulheres estão assistindo anúncios que, por sua vez, estão empoderando-as. E as marcas estão mais propensas a ver esse impacto.
  • O tempo que as mulheres têm gasto assistindo publicidade no YouTube vem mais que dobrando ano após ano.
  • O tempo gasto pela audiência feminina com conteúdos sobre empreendedorismo, notícias de economia e serviços está mais do que triplicando anualmente no YouTube
Siga o Canaltech no Twitter!

Não perca nenhuma novidade do mundo da tecnologia.