YouTube dá novas opções de monetização e organização de conteúdo a criadores

Por Felipe Demartini | 12 de Julho de 2019 às 11h46
Tudo sobre

YouTube

Saiba tudo sobre YouTube

Ver mais

O YouTube parece bem disposto a agradar os criadores nesta semana. Depois de anunciar mudanças para tornar o sistema de notificações por copyright mais justo, a empresa agora revelou novidades em sua plataforma de monetização para canais, adicionando mais categorias a seu sistema de patrocínio e novos métodos para a realização de doações e parcerias para venda de merchandising.

Anunciada durante a Vidcon 2019, evento voltado para criadores de conteúdo que está acontecendo neste fim de semana nos EUA, a principal novidade se relaciona aos clubes dos canais, com o que os produtores chamam popularmente de patrocinadores ou membros. Agora, é possível oferecer diferentes níveis de assinaturas recorrentes, com recompensas que variam de acordo com o tamanho da contribuição.

No exemplo mostrado pelo YouTube, é possível ver três tiers diferentes, que vão de R$ 1,99 ao mês até R$ 14,99, mas, segundo a empresa, será possível configurar até cinco categorias. A ideia é que os criadores permitam a qualquer pessoa contribuir com o canal, adequando os pagamentos de acordo com o tamanho do bolso de cada um e, claro, dando aos produtores mais maneiras de incentivar as assinaturas, com recompensas especiais para as maiores mensalidades, por exemplo.

Com a novidade, vieram também novas regalias inerentes ao sistema do próprio YouTube, como a possibilidade de soltar vídeos exclusivos apenas para os patrocinadores de um canal. Seja para dar um recado ou como uma forma de gerar valor, os recursos devem chegar em breve a todos os criadores, que poderão utilizar as ferramentas como desejarem.

Ainda falando em contribuições, o YouTube está adicionando os Super Stickers, figurinhas animadas que podem ser adquiridas por meio de doações. O formato, aqui, é mais voltado para transmissões ao vivo ou estreias (vídeos que entram no ar em um determinado horário e contam com chat para que todos possam assistir juntos, mesmo que seja uma gravação), em um recurso semelhante ao já existente Super Chat.

A ideia do YouTube, inclusive, foi expandir esse recurso, que, de acordo com a empresa, se tornou a maior forma de monetização de canais. São 90 mil criadores utilizando a plataforma de doações e que agora passarão a contar também com a possibilidade dos Super Stickers, que aparecem com destaque nos chats e permitem que os usuários chamem mais atenção para si, além de contribuírem para seus produtores de conteúdo favoritos.

Super Stickers adicionam novas possibilidades de doações para usuários e monetização a criadores (Imagem: Reprodução/Felipe Demartini)

Por fim, a plataforma está lançando novas parcerias de merchandising, com nomes como Rooster Teeth, Fanjoy, Represent e Crowdmade, permitindo que os criadores criem produtos personalizados e vendam tais artigos para os espectadores. Uma caixa de sugestões pode ser adicionada sob os vídeos e contendo uma lista de produtos, com os fãs podendo navegar sem deixarem o conteúdo em si.

De acordo com Neal Mohan, diretor do YouTube, mais do que simplesmente ganhar dinheiro, a ideia é permitir que os criadores criem uma comunidade em torno de seus trabalhos e possam viver dele. As opções existentes atualmente continuam a ser refinadas, segundo ele, enquanto novas opções devem entrar no ar em breve. Ele definiu os esforços de monetização como um dos principais projetos da plataforma atualmente, com as novidades se tornando disponíveis aos usuários nas próximas semanas.

Campanhas de caridade também poderão ser criadas a partir das mesmas ferramentas que hoje permitem a monetização de canais no YouTube (Imagem: Divulgação/YouTube)

Essa ideia de criar um movimento também se aplica ao anúncio do YouTube Giving, um formato de monetização que permite a criação de campanhas de doação para instituições. A partir da própria plataforma, os usuários podem reverter doações e a receita de anúncios de um vídeo diretamente para as organizações que desejar, criando ainda mais confiabilidade em iniciativas desse tipo e também facilitando a realização delas.

Fonte: YouTube

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.