Yahoo vai cortar redirecionamento automático para usuários de e-mail gratuito

Yahoo vai cortar redirecionamento automático para usuários de e-mail gratuito

Por Felipe Demartini | 05 de Novembro de 2020 às 12h31
SEJ

Os usuários do Yahoo Mail perderão a funcionalidade de redirecionamento automático de e-mails no dia 1º de janeiro de 2021. O anúncio foi feito pelo serviço nesta semana, com a possibilidade, agora, ficando restrita apenas aos usuários de planos pagos, sejam eles da categoria profissional ou de uma nova modalidade que inclui apenas o recurso e o acesso irrestrito à caixa de entrada com mais espaço de armazenamento.

São duas opções disponíveis para quem quiser continuar usando a funcionalidade de forma automática: o Yahoo Mail Pro, versão mais robusta do cliente que pode ser assinada por US$ 3,49 ao mês (pouco menos de R$ 20), ou o pacote Access + Forwarding, que como o nome indica, inclui apenas o recurso de redirecionamento por um preço um pouco mais baixo, US$ 12 ao ano, ou aproximadamente R$ 67. O serviço de e-mail tem ainda uma terceira opção, vendida a US$ 0,99 (cerca de R$ 5,60) ao mês ou US$ 9,99 (aproximadamente R$ 56) anuais, que permite remover os anúncios da caixa de entrada; a empresa não confirmou se esse pacote também inclui o recurso.

A todos os outros, o Yahoo Mail seguirá funcionando normalmente, sem alterações previstas no espaço de armazenamento, possibilidade de enviar ou receber e-mails ou outros recursos. Os que tiverem o redirecionamento automático ativado, entretanto, o verão deixando de funcionar na virada do ano, enquanto as mensagens recebidas permanecerão na caixa de entrada original.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Costumeiramente aparecendo nas posições inferiores das listas de serviços mais populares, o Yahoo Mail experimentou popularidade semelhante à da própria companhia, enquanto no Brasil, foi amplamente utilizado para criação de listas de discussão. Aos poucos, entretanto, foi caindo em desuso na medida em que serviços do Google e Microsoft, principalmente, angariavam novos usuários e a companhia trocava de mãos e fechava plataformas de notícias e entretenimento.

Uma tentativa de reinvenção veio na forma do aplicativo para Android e iOS, que dá acesso não apenas ao e-mail original do Yahoo, mas também aos de outras plataformas de forma combinada. Foi daí, também, que veio a ideia dos planos pagos que, agora, estão sendo cada vez mais delineados. A ideia é que, sem o redirecionamento automático, os usuários voltem a usar a plataforma; fica a ver se, na prática, isso vai funcionar ou, apenas, afastar as pessoas de vez.

Além do redirecionamento automático e da ausência de anúncios, as contas Pro do Yahoo Mail contam com espaço ilimitado para armazenamento, mesmo após períodos de inatividade, e performance mais veloz em relação aos planos gratuitos. Os clientes, também, têm prioridade no acesso aos serviços de suporte da companhia.

Fonte: Yahoo!

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.