Wikipedia vai criptografar todas as conexões de seus usuários

Por Redação | 15 de Junho de 2015 às 11h37

Atualmente, os dados trocados entre a Wikipedia e a maioria dos seus usuários não são criptografados, um "detalhe" que aumenta as chances de interceptação dessas informações. Porém, na última sexta-feira (12), a Fundação Wikimedia anunciou que agora todos os dados transferidos entre os usuários e os seus servidores serão criptografados.

Isso significa que todos os sites da Wikimedia vão adotar o protocolo HTTPS por padrão, entre eles a Wikipedia, Wiktionary, e Wikimedia Commons, dentro das próximas semanas. A Fundação diz que está trabalhando essa mudança para o HTTPS desde 2011, mas intensificou seus esforços em 2013 após a sequência de revelações sobre o sistema de vigilância do governo norte-americano.

Para você, usuário final, a adoção das conexões criptografadas não é uma garantia contra o roubo de dados, afinal, elas não vão necessariamente impedir um hacker determinado de invadir um servidor. Mas, por outro lado, o protocolo ajuda a garantir que seus dados cheguem ao site que você está visitando sem passar por eventuais processos de espionagem em sua navegação.

Nos últimos anos, a Internet tem se movimentado em direção à utilização de conexões HTTPS criptografadas por padrão para proteger melhor os dados pessoais dos internautas. Grandes empresas como Twitter, Facebook e Google já utilizam conexões seguras automaticamente.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.