Whindersson Nunes fica em segundo lugar na lista de youtubers mais influentes

Por Redação | 28.07.2016 às 00:11
photo_camera Reprodução/Twitter

O Brasil marcou presença no top 3 youtubers mais influentes do mundo. Whindersson Nunes, youtuber que recentemente foi destaque na internet por uma polêmica relacionada a um vídeo sobre estupro, ficou em segundo lugar na lista, com 10 milhões de seguidores na plataforma de vídeos. O brasileiro fica atrás apenas do sueco PewDiePie. Os dados vêm de uma pesquisa da rede de produção e networking de mídia audiovisual digital Snack.

Além de Nunes, outros três brasileiros também figuram na lista: Felipe Neto, em terceiro lugar, Julio Cocielo, na sexta colocação e Felipe Castanhari, na sétima posição.

Para quem acha que o único fator analisado foi a quantidade de seguidores, está enganado: para compor a lista, a rede analisou características como taxa de poder de influência (numa métrica que varia entre 0 e 1.000), elementos de engajamento como comentários, likes e compartilhamentos, visualizações, número de inscritos, frequência de novos materiais disponibilizados, atividade no canal e outros elementos. Todas essas características foram analisadas utilizando o software Tubular Labs.

Mesmo não sendo uma métrica oficial utilizada pelo YouTube, o Tubular Labs oferece métricas confiáveis, utilizadas por muitas empresas em todo o mundo. A taxa de influência resultado do software é recalculada a cada 90 dias para garantir precisão.

No Top 10 youtubers mais influentes, Pew Die Pie ganhou 905 pontos (de um máximo de 1.000), enquanto Nunes garantiu 876 pontos.

Fonte: O Estado de S.Paulo