Velocidade da internet no Brasil sobe mais de 6%

Por Redação | 09.06.2017 às 10:37

Entre janeiro e março de 2017, a velocidade média da internet no Brasil cresceu 6,2%, número suficiente para garantir uma subida de seis posições no ranking dos mais rápidos do mundo. Agora, o Brasil ocupa a 79ª posição nesta lista, com o usuário navegando a uma velocidade média de 6,8 Mbps.

Antes, no final de 2016, esse total era de 6,4 Mbps, o que colocava o país na 85ª colocação. Nas Américas, por outro lado, estamos em oitavo lugar, atrás dos Estados Unidos, Canadá, Peru, México, Paraguai, Chile e Colômbia. O total atual também está abaixo da média mundial, que é de 7,2 Mbps, e muito atrás das velocidades registradas no país mais rápido do mundo, a Coreia do Sul, que apresentou uma média de 28,6 Mbps -- valor quatro vezes maior que o registrado aqui.

Ainda assim, os dados são fruto de otimismo e, de acordo com a Akamai, empresa responsável pelo levantamento, já dá para vislumbrar que o Brasil alcance a média mundial em breve. A empresa cita o crescimento da banda larga móvel como a principal razão para o aumento das velocidades no país, ao lado de uma preferência dos usuários por planos domésticos mais velozes.

Entre janeiro e março de 2017, o crescimento das velocidades mobile foi de 10,6%, graças, principalmente, a uma maior adesão a planos LTE, de tecnologia 4G. Chama a atenção, aqui, que a velocidade já começa a se aproximar dos planos domésticos, com uma média de 5,2 Mbps registrada no período – e a expectativa é de um aumento cada vez maior.

Os dados podem ser unidos, ainda, a uma pesquisa realizada pela Anatel e compilada pelo site Melhor Plano, com o intuito de auxiliar os usuários a escolherem as melhores operadoras de telefonia do país. E por mais que os nomes variem de estado para estado, a Vivo foi considerada a empresa com a internet mais veloz do país.

Apesar de não ter a maior cobertura, atendendo apenas 516 cidades, ela foi considerada a mais rápida de todas, tanto em LTE quanto 3G, com uma velocidade média de 15,3 Mbps. No quesito cobertura, quem lidera é a TIM, que opera em 1.255 municípios.

Também houve registro de aumento nas velocidades domésticas, com a pesquisa mostrando um aumento na adoção de conexões acima dos 15 Mbps. Tais planos ainda representam 5,8% do total de conexões existentes no Brasil, mas esse número mais do que quadriplicou ao longo dos últimos anos, mostrando, também, uma tendência de conversão para usuários existentes e de preferência por novas instalações.

Fontes: Telesíntese, Melhor Plano