UE reforçará controle a moedas virtuais para coibir financiamento do terrorismo

Por Redação | 24 de Novembro de 2015 às 11h45

Os países da União Europeia planejam uma ofensiva contra as moedas virtuais e pagamentos anônimos feitos online através de cartões pré-pagos. O objetivo é combater o financiamento do terrorismo depois dos atentados a Paris, segundo informa a agência de notícias Reuters.

Os ministros da justiça do bloco europeu se encontrarão em Bruxelas na sexta-feira (27) para uma reunião de crise após o massacre na capital francesa na semana passada. Eles irão influenciar a Comissão Europeia, o braço executivo da UE, a propor medidas para "reforçar os controles de métodos de pagamento não-bancários, como pagamentos eletrônicos/anônimos e moedas virtuais e transferências de ouro e metais preciosos por cartões pré-pagos", de acordo com o projeto de conclusão da reunião.

O Bitcoin é uma das moedas que a UE pretende vigiar mais de perto. Trata-se da moeda virtual mais popular do mundo e é utilizada para movimentar valores rapidamente e de forma anônima através da internet sem a necessidade de verificação por terceiros. Pagamentos anônimos também podem ser feitos através de cartões de débito pré-pagos comprados em lojas.

Há um planejamento "para travar de forma mais eficaz o comércio ilícito de bens culturais", segundo afirma um rascunho do documento da reunião. A partir desta sexta-feira saberemos quais foram as medidas aprovadas pelos ministros da UE.

Via Reuters

Fonte: http://mobile.reuters.com/article/idUSKCN0T81BW20151119

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.