Tudo o que você precisa saber para começar o dia (30/03)

Por Redação | 30 de Março de 2017 às 07h38
photo_camera André Fogaça

Se você esperava que a quinta-feira (30) fosse um dia mais tranquilo, de redução de marcha já para o fim de semana, se enganou. Embora estejamos realmente quase chegando ao nosso merecido descanso semanal, o dia de hoje não tem nada de tranquilo. Afinal, a semana que começou agitada ficou ainda mais quente após as novidades da Samsung. Depois de muitos vazamentos e rumores, a gigante sul-coreana finalmente revelou sua nova geração de smartphones e deixou todo mundo de queixo caído com o poderio dos novíssimos Galaxy S8 e S8+. Com hardware potente e novas funções — incluindo uma assistente digital própria —, o aparelho se destaca de toda a concorrência e mostra que a empresa está disposta a enterrar os erros do Galaxy Note 7 de uma vez por todas. E se você ficou curioso para saber o quão monstruoso é o dispositivo, pode conferir nossas impressões diretamente do evento da Samsung.

Só que era óbvio que a concorrência não ia deixar barato. Ao mesmo tempo em que o Galaxy S8 estava prestes a ser revelado ao mundo, a LG se preparava para provocar a rival com o mais novo comercial de seu LG G6. O anúncio foi liberado no mesmo dia da revelação do smartphone da Samsung, o que mostra a estratégia provocativa da empresa, que não mediu esforços para mostrar que o seu dispositivo tem vários recursos exclusivos. O foco da peça publicitária foi exatamente no tamanho da tela, considerada a maior entre os dispositivos do gênero, e em como ela oferece infinitas possibilidades de uso sem que o usuário precise usar duas mãos, como acontecia com os phablets. Foi um bom marketing, mas será que foi o suficiente para encarar o Galaxy S8?

Outra notícia que veio para agitar a semana foi a saída de canais como Record, SBT e RedeTV! da TV a cabo. O desligamento acontece devido à falta de acordo entre a Simba Content, que representa os interesses das emissoras, e empresas como NET, Claro e Sky, em relação a pagamentos relacionados à distribuição de seus conteúdos. Esses canais estariam exigindo o mesmo pagamento que as operadoras fazem a canais nacionais e alguns internacionais, alegando que são responsáveis por nada menos do que 20% da audiência dos assinantes no Brasil. E, para mostrar que a “revolução” nunca acontece sozinha, a decisão foi tomada no mesmo dia do desligamento do sinal analógico na Grande São Paulo, o que significa que muita gente acabou ficando sem ver TV por uma razão ou por outra.

Após polêmica com Doria, Amazon está oferecendo livros digitais de graça e vai doar Kindles a instituições

Falando na maior cidade do país, a polêmica envolvendo o prefeito João Doria Junior (PSDB) e a gigante Amazon ganhou novos capítulos. Após o político criticar a campanha feita pela empresa para o Kindle que ironizou a decisão da prefeitura de apagar as pichações da cidade ao pintá-la quase que inteiramente de cinza, eis que a gigante do varejo decidiu responder à altura e fazer aquilo que Doria havia sugerido: doar livros. Dando sequência à ação “Amamos SP”, a Amazon passou a distribuir livros digitais gratuitamente em seu site oficial. Ao todo, são 30 títulos, de clássicos a novidades que vão de “O Pequeno Príncipe” e “Laranja Mecânica” até “Planeta dos Macacos” e “Star Wars: Marcas da Guerra”. Além disso, ela informou que vai doar centenas de leitores digitais a instituições que promovem cultura e educação — embora não tenha revelado quantos e nem quais grupos serão beneficiados. De qualquer forma, todo mundo saiu ganhando dessa briga.

Por fim, uma notícia um tanto quanto bizarra. Médicos italianos já agendaram aquela que vai ser a primeira cirurgia de transplante de cabeça do mundo. O procedimento é polêmico e muito arriscado, mas deve acontecer sob o comando do neurocirurgião Sergio Canavero em dezembro deste ano ao custo de US$ 20 milhões — mais de R$ 62 milhões na cotação atual. Essa não é a primeira vez que ouvimos falar sobre essa operação. Na verdade, a equipe de Canavero está já há alguns anos comentando sobre essa possibilidade e buscando recursos para torná-la real. Tanto que, desta vez, parece que as coisas vão realmente avançar e o paciente Valery Spiridonov vai mesmo ganhar um novo corpo. Ele tem uma doença rara e está em fase terminal, o que torna a bizarra operação sua única chance de ter uma vida normal, apesar do risco de isso deixá-lo insano. Para realizar todo o procedimento cirúrgico, serão necessários 150 médicos que vão ter de trabalhar por nada menos do que 36 horas. Spiridonov está se preparando para essa experiência bizarra a partir de uma simulação em realidade virtual.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.