Tudo o que você precisa saber para começar o dia (28/06)

Por Redação | 28.07.2016 às 08:03 - atualizado em 28.07.2016 às 08:15

A quinta-feira chegou, os preparativos para o final de semana já começaram e muitos já estão até dando adeus ao mês de julho e se preparando para tudo aquilo que agosto deve trazer. Porém, enquanto nada disso acontece e o sábado não chega, vamos nos concentrar naquilo que é notícia hoje, como o estranho caso de Marina Joyce. A youtuber britânica virou o assunto mais comentado da semana quando os fãs passaram a acreditar que ela estava sendo mantida em cárcere privado e passaram a procurar evidências que provassem essas violências. Como em um enorme CSI, milhares de pessoas encontraram desde pedidos de socorro escondidos até mensagens subliminares em suas fotos. A discussão chegou a virar caso de polícia. Tudo isso para, no fim, estar tudo bem com a moça e ela dizer que não tinha nada acontecendo, mas que agradecia a preocupação e o buzz gerado em torno do seu nome, o que acabou resultando em um crescimento absurdo de seu canal. Assim, mais uma vez, faltou louça para a internet lavar e o resultado foi esse.

Deixando essas bizarrices de lado, o Google inaugurou um site bem curioso e útil para os usuários de Android. Trata-se de uma página com dicas e truques para o seu sistema móvel, permitindo que as pessoas conheçam mais os recursos e aqueles segredinhos que a plataforma esconde. Batizado de "Tips and Tricks", o site serve como um grande guia para essas pequenas funções. A ideia é ajudar os usuários a conhecerem o Android mais a fundo e fazer com que eles consigam tirar mais de seus aparelhos, sobretudo em termos de praticidade. São dicas interessantes e relevantes para o seu dia a dia que, na grande maioria dos casos, muita gente simplesmente desconhece a existência. E pode ter certeza de que muito usuário mais antigo do Android vai acabar descobrindo várias coisas novas dentro da página.

Já nos lançamentos, a chinesa Xiaomi anunciou o seu primeiro notebook, batizado de Mi Notebook Air. Apesar de o nome não ser lá tão criativo, a sua configuração compensa. Disponível em duas versões, uma de entrada e outra de ponta, os computadores chamam a atenção exatamente pelo seu tamanho, uma vez que eles são surpreendentemente finos. Como a própria Xiaomi fez questão de destacar, eles conseguem ser mais finos que o Macbook Air da Apple. Segundo a companhia, o modelo de ponta traz tela de 13,3 polegadas, pesa 1,28 quilo e usa um processador Intel Core i5-6200U, placa de vídeo NVIDIA GeForce 940MX com 1 GB de DDR5 e 8 GB de RAM. O preço dessa versão será de US$ 750, enquanto a edição mais modesta custará apenas US$ 520. O lançamento está agendado para a próxima terça-feira (02) na China.

clone do iPhone 7 e 7 Plus

Novas fotos apresentam as diferenças entre o iPhone 7 e o iPhone 7 Plus

E, falando em novidades, era óbvio que não poderia faltar aquele rumor básico sobre o novo iPhone. Desta vez, novas imagens vazadas mostram em detalhes as diferenças entre o iPhone 7 e a versão iPhone 7 Plus. A gente já havia percebido anteriormente que os dois modelos teriam câmeras diferentes e isso fica mais claro agora. Como as imagens revelam, o modelo com tela de 5,5 polegadas possui lente dupla na parte traseira, o que deve trazer mais qualidade para as fotos em ambientes de pouca luz. Além disso, o Plus utiliza o Smart Connector, coisa que o modelo padrão não utiliza. E, mais uma vez, o vazamento mostra que a Apple precisa rever seu esquema de segurança.

Por fim, novidades do mundo das séries mostram que, quem diria, Game of Thrones não é mais o seriado mais popular da internet. De acordo com um levantamento feito pelo IMDb, a série Stranger Things superou a guerra dos tronos em Westeros com apenas uma temporada e virou a nova queridinha dos fãs. Com apenas oito episódios, a série original da Netflix se aproveitou muito bem do clima oitentista do programa para inserir várias referências e elementos dos filmes da época e aliar tudo isso a uma boa história. E, como muita gente fez questão de frisar, sem precisar apelar para cenas de nudez e violência.