Tudo o que você precisa saber para começar o dia (28/03)

Por Redação | 28.03.2017 às 07:33

A chegada do outono virou o tempo em boa parte das cidades brasileiras, derrubando as temperaturas e dando início àquele friozinho típico da estação. Porém, no mundo da tecnologia é sempre verão e as notícias estão sempre pegando fogo — principalmente quando envolvem anúncios, vazamentos e conteúdo grátis. Desta vez, por exemplo, o próprio Google decidiu fazer um pequeno agrado aos usuários do Android e passou a disponibilizar um app originalmente pago de graça para todo mundo. A seção App Gratuito da Semana foi liberada na Google Play Store e traz o excelente jogo Guerra de Cartas completamente gratuito. É só chegar e baixar o game inspirado no card game do desenho Hora de Aventura. Afinal, você não vai recusar um brinde, não é mesmo?

Saindo da loja e indo para o mundinho dos rumores, as expectativas para o anúncio do Galaxy S8 são enormes. A Samsung deve apresentar sua mais nova geração de smartphones ao mundo nesta quarta-feira (29), e, como já é tradição, os vazamentos já fizeram questão de entregar todos os detalhes do aparelho antes da hora. Desta vez, a AnTuTu divulgou os testes de benchmark do Galaxy S8 e do Galaxy S8 Plus e revelou toda a configuração técnica dos dois dispositivos. O curioso é que a lista traz duas versões diferentes para cada modelo, indicando que devemos ter um aparelho dedicado ao mercado norte-americano e outro chegando ao resto do mundo. As diferenças são poucas, sobretudo no processador e na GPU e sempre com componentes equivalentes. Ainda assim, é um detalhe curioso a ser notado e que vai deixar muita gente em dúvida na hora de escolher qual versão comprar.

Ainda falando de smartphones, mas desta vez no Brasil, a Asus finalmente trouxe o Zenfone 3 Zoom ao nosso país. O aparelho chega às lojas custando a partir de R$ 1.899 e traz uma configuração de intermediário premium, ou seja, processador Snapdragon 625, 3 GB de RAM e 32 GB de armazenamento interno, além de suas câmeras de 13 megapixels frontais e 12 MP traseiros. Como o próprio nome sugere, as fotos são o grande diferencial do aparelho e, para isso, ele conta com câmeras duplas na parte traseira, sendo uma delas uma teleobjetiva de 59 milímetros. Isso permite que você tenha um zoom de melhor qualidade. Segundo a Asus, o aparelho permite 2.3x de zoom óptico ou 12x de zoom misto. Quem optar pela versão mais potente, o Zenfone 3 Zoom conta ainda com um modelo com 4 GB de RAM e 128 GB de armazenamento interno ao preço de R$ 2.499.

O Zenfone 3 Zoom já está entre nós e com grandes novidades em suas câmeras

Saindo dos hardwares e indo para os aplicativos, os apaixonados pelo WhatsApp têm um motivo a mais comemorar: será possível apagar aquela mensagem antes que o contatinho leia o que você escreveu. Sabe quando você fala algo que não devia ou simplesmente erra a conversa e fala algo comprometedor para outra pessoa? Pois isso deixará de ser problema e você terá dois minutos para evitar que o estrago seja realmente feito. A novidade ainda está sendo testada na versão Beta do app, mas já é uma conquista e tanto para quem morre de medo de enviar aquela cantada para a pessoa errada ou xingar quem não devia. É claro que isso só vai funcionar se a outra pessoa não leu o conteúdo — ou seja, antes dos famigerados tracinhos azuis aparecerem —, mas toda ajuda é bem-vinda nesse sentido. O único problema é que o contato é avisado que uma mensagem foi apagada, então o ideal é você já ir pensando em desculpas bastante convincentes para explicar o que diabos aconteceu.

Por fim, uma notícia não muito boa para quem achava que o Uber era a solução do transporte no Brasil e ainda mais para quem acreditava que ser um motorista do aplicativo iria torná-lo rico em tempos de crise. Uma reportagem da revista Veja colocou um repórter vivendo por um mês como motorista do app e mostrou não apenas a dificuldade de ganhar dinheiro como as falcatruas que os motoristas usam para burlar o sistema e lucrar mais fácil. A mais comum apontada pela matéria é estacionar o carro longe de onde está o passageiro para forçar um cancelamento. Assim, o motorista recebe R$ 7 sem precisar sair do lugar. Outro truque é ligar para o usuário para “combinar” o local quando, na verdade, o objetivo é saber se aquela corrida vale ou não a pena. Se for um trajeto curto, ele simplesmente desiste de você. A empresa prometeu tomar medidas para evitar essas trapaças, mas a gente sabe que nada é capaz de vencer o jeitinho brasileiro.