Tudo o que você precisa saber para começar o dia (24/04)

Por Redação | 24.04.2017 às 08:01

O feriado acabou e, infelizmente, a vida precisa seguir. E é claro que, enquanto você aproveitava a sua merecida folga e fazia vários nadas ao longo do último final de semana prolongado, o mundo seguiu girando e preparando grandes novidades para recebê-lo nesta segunda-feira (24), incluindo para os gamers de plantão. Exemplo disso é que a Activision revelou que o próximo Call of Duty vai mesmo se passar na Segunda Guerra Mundial, confirmando os rumores que já circulavam por aí há algum tempo. O anúncio oficial acontece nesta quarta-feira, dia 26, mas os primeiros detalhes acabaram vazando antes da hora. Batizado de Call of Duty: WW2, o jogo chega aos consoles no dia 2 de novembro e vai recriar alguns dos principais momentos do confronto, focando na união entre os soldados. Outra novidade é que devemos ter um modo cooperativo com uma história original e mapas icônicos no multiplayer.

Desligando o videogame e olhando para as estrelas, a China conseguiu um enorme avanço em seu programa espacial. Enquanto você estava descansando no feriado, os chineses enviaram uma nave com suprimentos para o seu laboratório orbital Tiangong-2, uma manobra considerada de sucesso e vital para os planos do país conquistar o espaço. A operação deste feriado serviu para testar uma nova tecnologia de envio de material da Terra para astronautas em órbita e, como tudo foi um sucesso, isso representa um avanço significativo nos planos da China. Tanto que o país já pensa em usar os resultados obtidos neste teste na construção de uma estação espacial própria até 2022. De acordo com o governo local, os investimentos em pesquisa espacial estão sendo feitos como uma forma de garantir a segurança nacional — o que muitos americanos mais alarmistas já veem como uma estratégia para uma situação de guerra.

Mas vamos esquecer as tretas geopolíticas para falar sobre as mudanças que o YouTube vem fazendo dentro da sua própria plataforma. Depois de algumas polêmicas relacionadas a denúncias de censura em vídeos com debates LGBT, a empresa confirmou que resolveu a falha e tornou o Modo Restrito um pouco menos rígido. Até então, todo conteúdo que abordasse o tema acabava tendo seu material restrito a esse modo, o que despertou a ira de muita gente — e com razão, já que vídeos bastante inofensivos acabaram sendo prejudicados por isso. E, a partir de agora, o YouTube garante que ajustou a ferramenta para que isso deixe de acontecer, tornando a plataforma novamente mais aberta às minorias. Para garantir que tudo esteja funcionando de maneira correta desta vez, a empresa afirma que testou manualmente os vídeos que haviam sido barrados para garantir que o algoritmo estivesse funcionando direito.

De satélites a carros autônomos, pistas sobre o futuro da Apple já começam a aparecer

Além disso, temos algumas novidades da Apple para completar o pacote. Primeiramente, a empresa contratou dois executivos que carregam uma vasta experiência no campo de satélites, o que pode indicar os planos da empresa para o futuro. Embora os cargos e os setores onde eles vão trabalhar não tenham sido divulgados, os rumores apontam que a empresa está planejando lançar satélites para realizar coleta de imagens ou mesmo para melhorar a comunicação. Essas possibilidades ganham força quando juntamos outros rumores de que a Maçã estaria usando drones para aumentar o mapeamento de cidades em seu Apple Maps. Isso sem falar de um boato que circula de que a Apple e a Boeing estariam se juntando para enviar nada menos do que mil satélites em órbita para otimizar as redes de comunicação de nosso planeta — o que beneficiaria muito a empresa de Cupertino. Porém, tudo ainda segue muito nebuloso.

Por fim, novos documentos enviados a órgãos reguladores do estado americano da Califórnia mostram mais detalhes sobre os planos da Apple de investir em seu próprio carro autônomo. A empresa recebeu todas as licenças necessárias para já dar início aos testes no seu veículo sem motoristas, o que chamou muito a atenção de todo mundo, já que ela nunca havia dado nenhum sinal de que iria seguir por este caminho. Isso deixou todo mundo em alerta sobre possíveis novidades que possam estar a caminho. No entanto, como já era de se esperar, a Apple se negou a comentar exatamente o que isso significa e não deu nenhum parecer sobre seus planos para o setor. Contudo, como bem sabemos, onde há fumaça, há fogo — ou o escapamento de um carro autônomo com um símbolo da Maçã na porta.

Via: Gamespot, Engadget (2), MacRumors, Reuters