Tudo o que você precisa saber para começar o dia (18/05)

Por Redação | 18 de Maio de 2016 às 08h06

A quarta-feira (18) começa com os fãs da Motorola sorrindo à toa. Depois de muitos rumores e alguns vazamentos, eis que a Lenovo finalmente apresentou os novos aparelhos de sua popular linha de smartphones. O Moto G4 não chegou a surpreender o público e nem a revolucionar o conceito, mas atualizou aquilo que já era muito bem aceito pelos fãs da marca e mostra que segue no caminho certo. E o melhor: tanto o Moto G4 quanto o Moto G4 Plus chegam ao Brasil a preços bem acessíveis — o que serve de estímulo para que a linha continue sendo um sucesso por aqui.

Já no mercado de computadores, a Microsoft anunciou que vai trazer uma nova ferramenta para facilitar a instalação limpa do Windows 10, ou seja, quando for formatar o PC e reinstalar o sistema inteiro do zero. De acordo com a companhia, os engenheiros da empresa já estão trabalhando nesse novo recurso, que deve ser disponibilizado em breve. Atualmente, esse tipo de instalação é feito por DVDs ou mesmo um pendrive, que recebe a imagem do Windows e o usuário precisa fazer com que o PC recém-formatado inicie a partir daquela unidade. É algo relativamente simples, mas que confunde quem não tem tanta intimidade assim com esses elementos. Dessa forma, a Microsoft quer tornar todo o processo o mais básico possível.

Outra notícia que chamou a atenção neste meio de semana foi o estranho caso do Lepo Lepo da TIM. Não, você não leu errado. Um cliente da operadora tentou entrar em contato com a empresa e, durante a espera, percebeu que a música colocada ali era nada menos do que o hit do Carnaval de 2014, a infame Lepo Lepo, da banda Psirico. O usuário ficou tão indignado com a questão que tentou cancelar sua conta, sem sucesso. Foi então que decidiu processar a companhia, o que foi acatado pela Justiça de Alagoas nesta semana sob a alegação de danos morais.

E se você achou isso estranho, o que pensa de ver um cadáver passando por um aeroporto no meio dos Estados Unidos? Não, não se trata de uma regravação de um Um Morto Muito Louco (o que é uma pena), mas de um estranho episódio que alguns passageiros encontraram no aeroporto de Atlanta. Na verdade, o tal defunto era uma peça cenográfica que será utilizada no novo O Massacre da Serra Elétrica. O que não faz sentido, na verdade, é por que diabos esse corpo quase putrefato (ainda que de mentira) foi levado como bagagem de mão, passando até mesmo pelo raio-x.

Por fim, mas não menos estranho, uma pesquisa recente mostra que assistir a mais pornografia faz com que a pessoa se torne mais religiosa. Embora, à primeira vista, esse tipo de relação não faça o menor sentido, o estudo feito pelo departamento de sociologia da Universidade de Oklahoma percebeu que as pessoas que assistiam a um pornô mais de uma vez por dia acabavam realizando práticas religiosas com mais frequência do que alguém “menos ativo”. A explicação é que a pessoa tenta compensar o pecado recém-realizado, quase como um pedido de desculpas imediato para Deus.

E aí, já foi à Igreja hoje?