Tudo o que você precisa saber para começar o dia (17/08)

Por Redação | 17.08.2016 às 08:08 - atualizado em 17.08.2016 às 08:22

Esta é uma daquelas semanas que a gente não quer que acabe. Diferente das outras, que são engolidas pela mesmice do dia a dia, esta é uma semana olímpica — a última da Rio 2016. Estamos na reta final dos jogos olímpicos e já começamos a sentir saudades de toda a bagunça causada pela festa, pelos mais variados esportes e, é claro, pelas piadas que surgiram. O melhor do Brasil sempre foi o brasileiro e, nesta Olimpíada, isso ficou mais do que claro, principalmente nas redes sociais. O episódio mais recente disso foi exatamente a rivalidade que nasceu entre o nosso país e a França. Após o atleta francês ser um mau perdedor ao ser vencido por Thiago Braz da Silva no salto com vara, reclamando das vaias da torcida, o povo brasileiro se uniu para comemorar cada vitória sobre a França. Foi assim na maratona aquática, boxe e vôlei, o que fez com que o Twitter fosse à loucura com ótimos memes. Mais uma vez, medalha de ouro para a criatividade do pessoal.

Porém, nem tudo é festa. Enquanto a gente se diverte com a Olimpíada, a polêmica da franquia sobre a internet fixa persiste. Desta vez, um relatório publicado pela Ouvidoria da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) deu um grande puxão de orelha no órgão regulador, afirmando que a entidade tratou o tema de forma equivocada e com medidas insuficientes e inadequadas. O texto afirma que ela não soube interpretar a legislação ao permitir que as operadoras alterassem contratos de maneira unilateral e que apenas avisar os consumidores da mudança não é o suficiente para defender o direito dos usuários. A bronca foi tão grande que teve até mesmo um “não sei de onde vocês tiraram essa ideia” em um texto oficial. E sobrou até para o ex-presidente do órgão, João Rezende, que disse que a era da internet ilimitada estaria chegando ao fim. De acordo com a Ouvidoria, não é possível afirmar isso.

Deixando a briga de lado, o Google trouxe uma novidade para animar os entusiastas da empresa. Anunciado já há algum tempo, o Google Duo finalmente foi lançado para facilitar a comunicação entre seus usuários. O aplicativo é voltado para a realização de videochamadas em qualquer tipo de smartphone e independentemente da qualidade da conexão. Com isso, a gigante entra na briga para disputar terreno com o Facetime, da Apple, Skype e Facebook Messenger. Disponível para Android e iOS, o novo serviço traz algumas funções bem interessantes, como a possibilidade de ver quem está te ligando antes mesmo de atender a chamada, além de uma tecnologia de aproveitamento de conexão que otimiza o seu funcionamento mesmo em redes mais lentas — o que pode ajudar a popularizá-lo em países emergentes.

Superman

Não demorou para que a internet já imaginasse o ator Henry Cavill vestindo o uniforme preto do Superman

Já no mercado de computadores, a Lenovo apresentou dois novos modelos de PC para empolgar quem está procurando uma nova máquina para jogar. O IdeaCenter Y710 Cube e o IdeaCenter AIO Y910 são dois pequenos monstros com configuração de ponta e prontos para receber até mesmo games voltados para realidade virtual. O anúncio foi feito um dia antes do início da Gamescom, feira de jogos que começa nesta quarta-feira (17) na Alemanha, e mostra como a fabricante está interessada em conquistar este público. O curioso aqui fica exatamente no modelo tudo-em-um, algo um tanto quanto raro quando pensamos em PC para gamers. Apesar disso, os dois modelos compensam toda essa estranheza a partir de um ponto que todo jogador conhece muito bem: o preço. Embora sejam o sonho de qualquer gamer, as máquinas têm um preço salgado que varia de US$ 1.000 a US$ 2.500 dependendo da versão e das configurações utilizadas.

Por fim, finalizamos nosso giro de notícias com novidades vindas diretamente do além-mundo da DC Comics. Afinal, mesmo com o destino do Homem de Aço em Batman vs Superman: A Origem da Justiça, todo mundo sabe que o Último Filho de Krypton vai encontrar uma forma de voltar à vida no futuro — tanto que ele até já aparece na primeira arte conceitual de Liga da Justiça. E eis que o ator Henry Cavill decidiu dar uma pequena palhinha do que está por vir. Assim como nos quadrinhos, pode ser que esse retorno do Super-Homem traga o uniforme preto do herói, algo que marcou as HQs durante os anos 90 e que até hoje é lembrado (de maneira agridoce, é verdade) pelos fãs. No gibi, o traje potencializava os poderes do personagem ao absorver mais a energia do Sol, o que deixava o Superman muito mais forte. E, por alguma razão, ele utilizava mullets na época. Será que veremos o mesmo nos cinemas?