Tudo o que você precisa saber para começar o dia (12/05)

Por Redação | 12 de Maio de 2016 às 07h23

A semana está caminhando para o seu fim, mas não sem algumas surpresas. Afinal, quando todo mundo acreditava que chegaríamos ao sábado sem mais nenhuma grande novidade em nossas vidas — ao menos no mundo da tecnologia —, eis que o Instagram decide anunciar uma mudança radical em seu visual. Assim, de uma hora para a outra, o serviço ganhou uma nova logo e até o aplicativo em si passou por mudanças de design. E a alteração dividiu bastante a opinião da internet, já que muitos conservadores preferiam o estilo antigo, enquanto outros receberam a versão atual de braços abertos.

E, enquanto as pessoas discutiam em prol do seu lado sobre o Instagram, a presidente Dilma Rousseff assinou um dos seus últimos decretos à frente do Executivo. Curiosamente, o decreto diz respeito à própria internet. Momentos antes da votação sobre seu impeachment no Senado, ela assinou o decreto que regulamenta o uso da internet no Brasil pelo Marco Civil, dando forças ao Comitê Gestor da Internet no Brasil (CGI-Br), garantindo a neutralidade da rede e estabelecendo regras para que as operadoras armazenem e compartilhem dados de seus usuários. Uma saída digna, sejamos justos.

Deixando a política de lado e voltando aos debates de sempre da tecnologia, era óbvio que o assunto seria Apple. E, se não sabemos nem mesmo como será o iPhone 7, que deve ser apresentado ainda neste ano, já tem maluco apostando em como será o modelo mostrado em 2017. O rumor parte da ideia de que a fabricante vai comemorar seus 10 anos com mudanças drásticas no design de seu smartphone, seja com uma tela edge-to-edge cobrindo toda a parte frontal do aparelho ou mesmo adotando uma tecnologia flexível. Será?

Outra novidade para os fãs do mercado mobile é um aparelho real e não fruto de boato. A Huawei anunciou um novo smartphone, o Honor V8, seu mais novo top de linha e que chega para brigar com os grandes do mercado. Com tela de 5,7 polegadas, o dispositivo estará disponível tanto com resolução Full HD quanto QHD, além de contar com um processador próprio e 4 GB de RAM. Ainda sem data de lançamento, os preços pelo menos se revelam bastante atraentes, variando de US$ 350 a US$ 439. E, com isso, fica cada vez mais complicado para as gigantes de sempre manterem seu mercado.

Por fim, voltando para a Maçã de Cupertino, uma notícia que pegou todo mundo de surpresa. Um novo rumor aponta que a empresa pretende acabar com o iTunes até 2018. Embora pareça não fazer sentido abrir mão de seu serviço de download de músicas, o boato afirma que a ideia é fortalecer o Apple Music e que as duas plataformas estavam, no fim das contas, se rivalizando e atrapalhando os negócios da companhia — números recentes mostram, inclusive, uma queda nas receitas oriundas da venda de álbuns. Assim, ela teria decidido por manter o modelo de streaming. Especula-se ainda que a Apple pode pôr esse ponto final de duas formas: drasticamente, encerrando de uma vez por todas, ou indo de maneira gradual ao longo dos próximos anos.

Canaltech no Facebook

Mais de 370K likes. Curta nossa página você!