Tudo o que você precisa saber para começar o dia (06/07)

Por Redação | 06 de Julho de 2016 às 08h13

Quem disse que a quarta-feira é sempre o dia mais chato e morno da semana? Pois esta quarta em específico, 06 de julho, mostra que a verdade não é bem assim e já começa repleta de ótimas novidades, principalmente para os jogadores. Afinal, a Nintendo finalmente começou a liberar o aguardado Pokémon GO para iOS e Android. O jogo de realidade aumentada que permite que os treinadores encontrem e capturem seus monstrinhos em locais do mundo real está disponível na loja de apenas alguns países, mas a expectativa é que mais regiões recebam o título em breve. Porém, quem não quiser esperar, é só mudar o território de seu aparelho, colocar as Pokébolas no bolso e partir em sua jornada. Só cuidado com as microtransações, já que o jogo oferece compras de itens que variam de US$ 0,99 a US$ 99,99.

Ainda falando em smartphones, um novo malware acaba de surgir já causando muito estrago em diversos aparelhos. Batizado de HummingBad, a ameaça já afetou mais de 85 milhões de aparelhos Android em todo o mundo. Ele atua gerando uma quantidade absurda de anúncios publicitários, que se reverte em receita para os hackers. E a pior parte é que ele não deixa nenhum rastro ou sinal que ajude o usuário a perceber que seu celular está infectado. E, com o vírus instalado e atuando, os dados pessoais do usuário ficam expostos para os criminosos sem ao menos que a vítima saiba do risco que está correndo — o que pode ser usado para mais atividades ilícitas.

Já em Brasília, o debate sobre as franquias de internet ainda não morreu, mas pode chegar a um fim em breve. Com base no Projeto de Lei apresentado pelo senador Ricardo Ferraço (PSDB-ES), o Senado Federal deve vetar a proposta das operadoras de adotarem esse modelo de banda larga limitada. A votação estava agendada para ontem (05), mas a falta de quórum fez com que a pauta fosse jogada para a semana que vem. A proposta do senador que proíbe o uso de franquias ganhou parecer favorável do relator do projeto, que descreveu a limitação como um enorme retrocesso para o país, uma vez que ela prejudicaria ações governamentais de inclusão digital, desenvolvimento da economia e sistemas de educação à distância.

Netflix

Outro afetado seriam os serviços de streaming, que se tornaram uma enorme ferramenta contra a pirataria. Uma pesquisa recente confirmou aquilo que todo mundo já sabia ao mostrar que, com a ascensão de serviços como Spotify e Netflix, os downloads ilegais de músicas e filmes chegaram ao seu menor nível nos últimos cinco anos. Somente no Reino Unido, 44% dos usuários estão acessando meios legais de streaming e 31% não fizeram nenhum tipo de download nos últimos cinco meses. Em paralelo a isso, o download via P2P — ou seja, o bom e velho torrent — faz parte da rotina de apenas de 10% dos entrevistados. Para a Ministra da Propriedade Intelectual do Reino Unido, a baronesa Neville Rolfe, os resultados são excelentes, pois mostram que o streaming está realmente levando as pessoas para a legalidade.

Por fim, a TV brasileira decidiu abraçar o sucesso de Game of Thrones e agora tenta criar sua própria versão do épico da HBO, mas com um toque um pouco mais religioso. A novela Terra Prometida, da TV Record, pegou todo mundo de surpresa ao trazer várias referências à famosa série, incluindo uma personagem chamada Kalesi, a “Rainha das Serpentes”. A atriz que interpreta a personagem disse não saber se há mesmo uma inspiração em Daenerys Targaryen, a Khaleesi de Game of Thrones, mas não há como negar que as semelhanças são mais do que óbvias. Além da pronúncia praticamente idêntica, as duas rainhas também amedrontam seus inimigos com seus répteis. A diferença é que, no Brasil, faltou orçamento para fazê-los gigantescos e cuspindo fogo.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.