Tudo o que você precisa saber para começar o dia (05/07)

Por Redação | 05.07.2016 às 08:11

Quem achou que a semana iria começar lenta e sem graça, se enganou. A terça-feira (05) começa repleta de grandes notícias, sendo algumas delas já bem polêmicas e relevantes, principalmente para quem está de olho em um novo smartphone. Afinal, depois de revelar qual será o nome do Android 7.0, chegou a hora de saber quais os aparelhos serão compatíveis com a atualização. As empresas ainda não se pronunciaram oficialmente sobre isso, mas é possível fazer uma breve previsão sobre quais os modelos vão aceitar o Nougat com base nos lançamentos passados. Dos tops da linha da LG e Samsung aos intermediários da Motorola, a lista de aparelhos que devem receber a novidade é extensa — e deve crescer ainda mais à medida que as fabricantes confirmarem.

Já nas redes sociais, a semana começa com ar de preocupação, já que foi descoberto um novo malware que atingiu 10 mil usuários do Facebook em apenas 2 dias. Caso não tenha percebido, é gente para caramba em pouquíssimo tempo, o que mostra o nível da ameaça. E o método de ataque era o mais simples possível: na rede social, a vítima recebia uma notificação de menção em um comentário e, ao clicar, fazia o download de um pequeno arquivo usado pelos hackers para roubar dados pessoais. A ação criminosa aconteceu entre os dias 24 e 27 de junho e teve o Brasil como um dos países com o maior número de vítimas. Será que você também foi afetado?

Deixando essas questões de lado para trazer uma boa notícia, um novo aplicativo desenvolvido no Brasil promete trazer uma nova solução para a saúde pública no país. O app Docway funciona como uma espécie de Uber da saúde, ou seja, você faz o pedido e um médico vai até à sua casa — não, você não pede um passeio de ambulância. Desenvolvido em Curitiba, o serviço acaba de chegar a São Paulo e já vem chamando a atenção pela praticidade oferecida. A ideia de atendimento médico em domicílio não é nenhuma novidade, mas se tornou uma excelente estratégia para diferenciar o serviço de outras soluções. E a promessa é que o serviço seja vantajoso também para o profissional, oferecendo bons rendimentos.

Já nas redes sociais, o pessoal mostra que não perdoa nem mesmo um dos maiores nomes do rock nacional. Durante uma apresentação do grupo Legião Urbana em uma TV na Bahia, o baterista Marcelo Bonfá decidiu fazer algo diferente e usar a tecnologia a seu favor. Ao invés de levar seus instrumentos de percussão ao programa, usou um aplicativo em seu smartphone que simulava uma bateria. O problema é que as coisas não saíram como ele esperava, o som virou uma bagunça e a apresentação ao vivo foi um fracasso por conta da loucura digital. Só que ele deve ter se esquecido que a internet não perdoa e logo o episódio virou piada, gerando uma série de memes e vídeos que ironizavam o caso.

Porn VR festival

Por fim, uma notícia que deixou muitos entusiastas da realidade virtual na mão. O Japão foi obrigado a cancelar seu primeiro festival destinado a produtos para pornô em VR por conta da alta procura. Aparentemente, os organizadores do evento não esperavam que tanta gente ficasse animada com a proposta e, por isso, não esperavam aquela multidão. O resultado foi que pouquíssimas pessoas conseguiram entrar na feira, enquanto os demais tiveram de se contentar com a imaginação. Porém, os sortudos que entraram no festival puderam conferir algumas geringonças bastante curiosas feitas para aumentar o grau de imersão durante uma sessão de pornografia em realidade virtual. E a pergunta que não quer calar: você usaria algum desses acessórios?