Tudo o que você precisa saber para começar o dia (01/07)

Por Redação | 01 de Julho de 2016 às 08h00

Chegamos, enfim, ao mês de julho e não há maneira melhor de recepcionar sua chegada do que com uma enxurrada de assuntos. Afinal, você sabe: o tempo passa, o tempo voa, mas o mundinho da tecnologia continua produzindo notícias adoidado por aí. O Google, por exemplo, decidiu não economizar e abriu a porteira das novidades. A começar pela divulgação do nome da próxima versão do Android. Dando sequência ao que vinha sendo feito, sabíamos que ele começaria com a letra N e muitos acreditavam que teríamos um Android Nutella vindo aí — e já estava sendo chamada de a versão mais gostosa de todas. Porém, em uma reviravolta incrível dos fatos, a empresa revelou que, na verdade, a versão vai se chamar Nougat, um doce tipicamente europeu feito à base de nozes. E, por ser o tipo de guloseima natalina, há quem acredite que o lançamento oficial da versão vai acontecer só no fim do ano. Será?

Outra novidade do Google foi o lançamento do espaço Minhas Atividades, que reúne tudo aquilo que você já fez nas plataformas e serviços da empresa. É um sistema bem interessante para você acompanhar a movimentação em suas contas, desde pesquisas realizadas e locais mais frequentados aos vídeos assistidos no YouTube. Embora pareça um pouco assustador ver algo tão detalhado assim sobre seus costumes na internet, o novo serviço permite que você apague alguma ocorrência ou cancele o registro desses dados.

Já na área dos computadores, a ASUS trouxe ao Brasil o novo notebook da linha Z. Sob o complicado nome de Z550MA-XX005, o dispositivo traz configurações bastante básicas e funciona a partir do sistema Endless, baseado em Linux e totalmente voltado para funções mais simples, como o ensino. Tanto que ele já possui alguns aplicativos pré-instalados para essa finalidade, o que faz dele uma opção bastante interessante para estudantes e quem procura um laptop apenas para estudar. O único porém é que seu preço está um pouco salgado, já que ele chegou por aqui custando R$ 2 mil.

Pulando para os cinemas, o filme Procurando Dory acabou se metendo em uma enorme polêmica nos Estados Unidos. Por conta da alta procura pelas sessões do novo filme da Pixar, a gerência de um cinema norte-americano acabou fazendo uma grande confusão com os trailers que seriam exibidos. Abraçando a velha e equivocada máxima de que todo desenho é feito para crianças, eles acabaram passando o trailer de Festa da Salsicha antes do longa da Disney. O único problema é que o vídeo é voltado para maiores de idade, com muito palavrão, violência e várias piadas de cunho sexual — o próprio termo “festa da salsicha” já deixa isso claro, na verdade. Apesar de toda a dor de cabeça, deve ter sido divertido assistir à reação dos pais na hora.

E, falando em pais, mais uma notícia vinda dos Sete Reinos de Westeros. Com o término da sexta temporada de Game of Thrones e a revelação sobre os pais de Jon Snow — muito previsível, diga-se de passagem —, a HBO decidiu liberar uma pequena árvore genealógica para explicar um pouco todas as relações entre os personagens que possuem algum tipo de vínculo com o herói. O problema é que essa tal árvore parece muito mais um monte de mato emaranhado, já que é quase impossível acompanhar o fluxo de dados que a emissora criou devido à bagunça nas informações e à grande quantidade de gente envolvida. Deve ser por isso que a Siri não estava respondendo à pergunta sobre os pais de Jon: ela ainda não decifrou esse caos.