Steve Wozniak - O ser humano por trás do gênio inventor da Apple

Por Fernando D´Angelo | 08 de Novembro de 2016 às 21h10

Foto: Openspace

Em painel na HSM Expo Management 2016, Steve Wozniak, o gênio inventor que criou os primeiros computadores Apple e fundou com Steve Jobs a empresa mais valiosa do mundo na atualidade, conta um pouco sobre sua vida, seus valores, sua visão de mundo e claro, sobre a Apple. Surpreenda-se!

Hoje pela manhã, com o olhar crítico de quem não consome produtos Apple, sentei para ver a palestra de Steve Wozniak. Imaginava uma palestra corporativa, falando de estratégias, gestão, visão de futuro. Me enganei. Foi uma lição de vida, foi a demonstração de que Wozniak é humano, e se parece mais com um mortal do que a gente imaginava.

Abaixo vou resumir as frases (em tradução livre) que mais me chamaram atenção. Tirem suas próprias conclusões a respeito.

Insegurança e timidez:

“Tinha medo de falar com as outras pessoas. E quando inventava os projetos, conseguia conversar com elas. Era uma forma de superar a minha timidez. “

Valores:

“Eu sempre volto às canções que gosto para lembrar os princípios que me guiam! A música é muito importante na minha vida.”

Ideia certa no lugar errado:

“Apresentei o Apple I para a HP 5 vezes, e eles recusaram 5 vezes. Como uma empresa vai dedicar recursos em uma ideia que não enxergam como algo para o futuro? Se não acreditam, não vale nada... e não investem.”

Dica aos grandes empresários:

“Pense em projetos paralelos, fora da estrutura e hierarquia do dia-a-dia. O CDO (Chief Disruption Officer) deve se reportar ao conselho, e não ao presidente. O presidente está preocupado com receitas de curto prazo...”

Sobre Steve Jobs:

“Quando fundamos a Apple, Jobs queria ser importante, tipo um Shakespeare, Newton, Mozart. Mas não queria estudar... A personalidade amadurece entre 18 e 23 anos. Foi quando fundamos a Apple. Ele virou empresário, parou de brincar, contar piadas... estava sempre de terno, aprendeu a falar com a imprensa.”

Personalidades Diferentes:

“Jobs conversava com todos. Eu era inventor, queria trabalhar sozinho no laboratório... Eu queria ser só engenheiro.”

Apple II:

“Criamos tudo aberto, integrável. Era um mundo totalmente aberto, qualquer um podia criar um acessório e foi o que gerou o faturamento dos primeiros 10 anos da Apple... tínhamos o protótipo antes de levantar o dinheiro.”

iPod:

“O iPod decolou quando Jobs liberou o iTunes (software de gerenciamento do iPod) para Windows. Ai as ações dispararam, Jobs recebeu autorização do conselho, conseguiu recursos enormes e o desejado jatinho particular para percorrer o mundo... A sequência disso foi o iPhone.”

Produto mais importante:

“Sem dúvidas a loja de aplicativos App Store, que permite que terceiros criem soluções utilizando o iPhone. Não estava nos planos da primeira versão do iPhone, mas foi através da App Store que passamos a ter participação em setores diversos, ampliando nossas receitas e o poder do smartphone, que originalmente tinha apenas 17 aplicativos próprios disponíveis.”

Dicas para quem quer empreender:

  1. “Ser o primeiro não é ser o vencedor!”
  2. “Não seja empresário sozinho! Você precisa de pessoas que complementem suas deficiências e permitam você focar no que você faz melhor. “
  3. ”Faça um trabalho com excelência.”

Sobre novos produtos:

“O Apple II era o computador que eu queria pra mim. O iPhone era o sonho do Jobs, e tinha que estar perfeito para ele! Vejam o carro da Tesla... é o mesmo para Elon Musk. Construam coisas que são perfeitas e que vocês usariam.”

Interface Gráfica:

“A interface gráfica foi a grande sacada da Xerox, mas só computadores caros tinham capacidade. Contratamos os engenheiros da Xerox que acreditavam que a interface gráfica era o mais importante, e 5 anos mais tarde veio o Macintosh.”

Bill Gates:

“ O grande erro do Jobs foi mostrar [suas ideias] para o Bill Gates! [risos]”

Dinheiro:

“Eu nunca quis fazer nada por dinheiro. Nunca precisei da Apple para ser feliz na vida.“

Tecnologia e Desigualdade:

“Nós criamos tanta riqueza, tanta facilidade por conta da tecnologia, e hoje precisamos que 2 pessoas trabalhem para manter um lar. Eu acredito que o sucesso econômico proveniente da tecnologia aumentou a desigualdade sim, mas não acho que o problema seja a tecnologia.”

Crianças:

“As crianças precisam criar seus próprios projetos, e não só usar o que já está pronto. Se elas não começarem, nunca vão descobrir essa delícia!”.

Esse cara é sensacional!

Agradecimentos especiais à HSM Educação Executiva e à Assessoria de Imprensa pelo convite para acompanhar a HSM Expo Management 2016.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.