Sextorsão | SaferNet cria campanha para combater ameças online

Por Natalie Rosa | 15 de Maio de 2018 às 10h05

A SaferNet Brasil, com apoio do Twitter e Facebook, anunciou nesta terça-feira (15) a campanha "Sextorsão: não é sua culpa". O objetivo do projeto é conscientizar e alertar jovens, pais e educadores sobre os crimes sexuais que ocorrem ou têm início diariamente na internet.

A campanha lançada hoje surge na semana do Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, que acontece no dia 18 de maio.

A SaferNet explica que o termo "sextorsão" é a junção das palavras "sexo" e "extorsão" e se trata da ameaça feita por criminosos na divulgação de imagens íntimas, existentes ou não, para que a vítima faça o que foi pedido contra a sua vontade.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Dados coletados pela associação mostram que em 2007 apenas cinco pessoas buscaram ajuda devido ao problema da "sextorsão", mas em 2012 o número cresceu para 48. Em 2017, a quantidade de pessoas que buscaram ajuda para resolver seu problema aumentou para 289, mostrando a importância da conscientização.

Grande parte das vítimas são meninas e mulheres, representando 69% dos casos registrados no canal de ajuda da SaferNet. A ferramenta, disponível 24 horas por dia, foi criada para que as pessoas afetadas pelo crime possam buscar aconselhamento de forma anônima.

A campanha "Sextorsão: não é sua culpa" foi criada originalmente pela organização não-governamental norte-americana Thorn com o objetivo de criar tecnologias de defesa para crianças e adolescentes contra o abuso sexual.

No Brasil, a estrela da campanha é a atriz e cantora Clarice Falcão, que dá conselhos às vítimas. "O que eu diria para uma pessoa que está passando por essa situação é que não se envergonhe, porque a partir do momento que você não se envergonha, seu agressor perde todo poder. E para quem conhece alguém que está passando por isso, converse com essa pessoa e diga que ela pode contar com você para o que der e vier", desabafa a atriz.

O site oficial da SaferNet Brasil conta, além do canal de ajuda, com diversas informações sobre o crime e segurança online que podem auxiliar na denúncia.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.