Peter Thiel, ex-PayPal, está no comitê executivo de Donald Trump

Por Redação | 11 de Novembro de 2016 às 23h31

Quem é ligado no mundo executivo já deve ter ouvido falar da posição política de Peter Thiel, grande empreendedor e empresário americano que também é um dos fundadores e ex-CEO do PayPal. O executivo sempre falou abertamente de seu posicionamento republicano e de seu apoio a Donald Trump, que venceu as eleições presidenciais nos Estados Unidos na última terça-feira (8).

E nesta quinta-feira (11), Trump comunicou, em um release para a imprensa, que seu vice-presidente Mike Pence irá comandar a equipe de transição do governo. E nesta equipe estão, além de três filhos do futuro presidente, nomes notáveis e de grande relevância política e empresarial dos EUA, incluindo Chris Christie (governador de Nova Jersey), Rudy Giuliani (advogado-geral), Newt Gingrich (secretário de estado) e, para a (não) surpresa de todos, Peter Thiel, todos como membros do comitê executivo.

Thiel era o único membro da elite do Vale do Silício a se manifestar contra os democratas e em favor da presidência de Trump. Ele doou US$ 1,25 milhões para a campanha do republicano em outubro, e sua colocação em uma posição tão relevante no governo já era algo esperado caso o presidenciável vencesse.

De acordo com o Wall Street Journal, Donald Trump tem 15 cargos de gabinete, além de aproximadamente 1 mil funcionários que ainda precisam ser aprovados pelo senado republicano. Muitos nomes já passaram, incluindo vários dos componentes da equipe de transição. Pelo visto, não vai demorar para que os americanos descubram quem está sendo promovido nesse processo.

Via Engadget, The Wall Street Journal

Instagram do Canaltech

Acompanhe nossos bastidores e fique por dentro das novidades que estão por vir no CT.