Para concorrer com a Netflix, Jay-Z pode levar streaming de vídeo ao Tidal

Por Redação | 01 de Abril de 2016 às 12h00
photo_camera Divulgação

Há um ano no mercado, o Tidal ainda pode não ter alcançado um bom desempenho frente aos seus concorrentes (Spotify, Apple Music). Contudo, isso não deve impedir seu principal acionista, o rapper Jay-Z, de expandir o serviço. Acontece que, além das músicas, a plataforma poderá em breve fazer streaming de vídeos, assim como a Netflix.

O rumor é do site Page Six, que afirma ter ouvido fontes familiarizadas com o assunto. De acordo com os informantes, o marido da cantora Beyoncé está em negociações com algumas empresas para trazer ao Tidal as primeiras produções cinematográficas. Esses conteúdos seriam tanto filmes já lançados, cuja transmissão seria adquirida por direitos autorais, quanto produções originais, o que significa que o serviço contará com longas exclusivos.

Segundo as fontes, entre os títulos que devem chegar ao Tidal estão um filme produzido pelo próprio Jay-Z e outro longa focado na criação do último álbum de Kayne West, The Life of Pablo, disponibilizado em primeira mão na plataforma - e liberado nesta sexta-feira (1º) para outros serviços, incluindo Apple Music e Spotify. West já teria até se reunido com o escritor Bret Easton Ellis para juntos desenvolverem o roteiro.

Filmes estrelados por celebridades parceiras do Tidal também já estariam programados para chegar ao serviço, incluindo Dreamgirls (2006), com Beyoncé, e Battleship (2012), com Rihanna.

Além de negociações com executivos da indústria do cinema, o Tidal também teria entrado em contato com a Apple para adicionar uma opção de streaming de vídeos em seu aplicativo na App Store - agora, estaria aguardando aprovação da empresa para liberar o recurso. A ideia é que a novidade chegue para os usuários até junho deste ano.

Lançado em 30 de março de 2015, o Tidal possui atualmente 3 milhões de assinantes e um acervo de 25 milhões de músicas, além de 75 mil vídeos e entrevistas exclusivas com os músicos disponíveis na plataforma. O serviço chegou ao Brasil em setembro com os planos de assinatura Premium (R$ 14,90) e TIDAL HIFI (R$ 29,80), e ambos permitem 30 dias gratuitos para testes.

Fonte: Page Six

Inscreva-se em nosso canal do YouTube!

Análises, dicas, cobertura de eventos e muito mais. Todo dia tem vídeo novo para você.