Papa Francisco diz que famílias devem desligar smartphones na hora das refeições

Por Redação | 13 de Novembro de 2015 às 13h53

O Papa Francisco está sempre envolvido em notícias que surpreendem, principalmente por expressar opiniões consideradas modernas e que, geralmente, desagradam muitos conservadores. Agora, o pontífice fez uma declaração que deve agradá-los: ele disse que é hora das famílias desligarem seus smartphones e TVs na hora das refeições.

Durante um discurso realizado na Praça de São Pedro, no Vaticano, na última quarta-feira (11), Papa Francisco usou a tecnologia para enfatizar seu discurso de que a família é primordial, dizendo ainda que a comunicação "cara a cara" promove a união e conexão.

"A convivência é um termômetro seguro para medir a saúde de um relacionamento [...] Uma família que quase nunca come junta, que não fala à mesa, mas que, em vez disso, se concentra em televisões e smartphones, não é uma família unida”, disse Francisco durante o seu discurso.

No início de 2014, o Papa se declarou a favor da internet, dizendo que era algo maravilhoso e que oferecia "gigantescas possibilidades para que pessoas se encontrem e para que sejam solidárias". No entanto, até mesmo nesta ocasião ele expressou preocupação em relação à sua capacidade de prejudicar nossos relacionamentos. "Não adianta ficarmos apenas conectados nas vias digitais. Temos que transformar essas conexões em encontros reais. Não podemos viver separados, presos em nós mesmos", disse o pontífice.

Com informações do PPLWare

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.