Operadora paranaense questiona limite de franquia e alfineta concorrentes

Por Redação | 15.04.2016 às 20:36

As coisas não vão ficar fáceis para a Vivo. A decisão de limitar o consumo máximo de dados empregados nos seus planos de Banda Larga fixa foi um verdadeiro tiro no pé e não só irritou muito seus atuais clientes, como abriu espaço para que os concorrentes se aproveitem dessa desvantagem da operadora.

Hoje (15), a Copel Telecom – uma das principais provedoras de internet no estado do Paraná – lançou uma campanha em 3 vídeos que retratam de uma forma bastante inusitada como seria a sua vida se também tivesse limite de franquia no dia-a-dia. Veja só:

"Sua vida não é assim, por que a internet tem de ser?" Essa é a campanha idealizada pela companhia telefônica paranaense e realizada pela Master Comunicação, que tem como objetivo questionar os planos limitados propostos pela Vivo, Oi e NET no Brasil.

Nas imagens é possível ver, aplicado à situações cotidianas, o stress e a frustração comumente causados por uma conexão lenta e de uso limitado. Como se já não fosse bom o bastante: a Copel ainda lançou outro comercial que deve explicar melhor aos profissionais que trabalham com a rede, como seria depender de um serviço ineficaz e que pode parar a qualquer momento devido à problemas com o mau tempo. O vídeo segue abaixo:

Ao final dos vídeos, a Copel também promete entregar velocidade de download e upload igualmente rápidas, algo incomum por aqui no Brasil e que vem a calhar principalmente ao uso comercial da internet. Olhando no site da empresa, descobrimos que os planos partem dos R$ 139,00 e entregam 50 mega de velocidade em download e upload para esse valor. Os contratos de internet ainda não possuem fidelidade e a taxa de instalação do produto é de R$ 999, um valor aparentemente caro, mas que se tratando de uma rede ultra rápida de fibra ótica está na média do mercado.

Planos COPEL

A Copel (Companhia Paranaense de Energia Elétrica) pertence ao governo do Paraná e há 61 anos oferece serviços de distribuição energética em todo o estado. Em 1998 a empresa decidiu apostar no ramo das telecomunicações e hoje opera em mais de 180 cidades, em todas oferecendo redes Gigabit Ethernet em fibra ótica. A companhia ainda mantém toda a infraestrutura de mais de 500 empresas na região sul do país, em serviços de rádio, TV e internet.

A empresa tem ganhado destaque nas últimas semanas por se opor ao limite de dados empregados por algumas de suas concorrentes, e faz isso em ótima hora já que a clientela desses outros provedores parece bem insatisfeita com a novidade. A revolta popular é tamanha, que além de ser alfinetada pela concorrente paranaense, a Vivo também ganhou uma paródia num dos seus comerciais:

A obra é do publicitário Lucas Lobo, que utilizou da mesma tipografia vista nos comerciais da empresa pra enfatizar o quão limitante vai ser o uso de uma internet com franquia definida. O mote da empresa: "Viva Tudo" também virou piada e se tornou "Viva tudo dos anos 90".

E você, gostou das campanhas?

Via: Copel Telecom, Lucas Lobo