Minha Casa, Minha Vida pode ter cabos de fibra óptica

Por Redação | 18.11.2015 às 16:59

Os beneficiários do projeto Minha Casa, Minha Vida deverão ter, em breve, uma residência muito mais tecnológica. Os ministérios das Comunicações e das Cidades estariam negociando a instalação de redes de fibra óptica para acesso à internet em, pelo menos, 1,68 milhão de residências já contratadas como parte do projeto, a serem entregues nos próximos anos.

A iniciativa, chamada de Minha Casa Conectada, já teria contado com o aval da presidente Dilma Rousseff, que deve fazer o anúncio da novidade nos próximos dias. Já o financiamento para a instalação, que deve custar cerca de R$ 720 milhões, ou R$ 430 por unidade, virá do Ministério das Cidades, que por meio do ministro Gilberto Kassab, já disse dispor dos recursos necessários para isso.

Os cabos de fibra óptica devem passar pelos mesmos dutos utilizados pela fiação elétrica, como maneira de baratear os custos e também centralizar os trabalhos em caso de manutenção ou mudanças. A ideia é que, caso os residentes desejam contratar serviços de internet que utilizem a tecnologia, toda a estrutura necessária já esteja pronta e instalada para receber as redes de alta velocidade.

A ideia é que a iniciativa continue existindo em futuras fases do Minha Casa, Minha Vida, mas as negociações sobre isso ainda não estão acontecendo. Na atual etapa, o projeto de habitação envolve financiamentos na casa dos R$ 120 bilhões. O projeto foi lançado em março de 2009 e é voltado para garantir casa própria a famílias de baixa renda, ao mesmo tempo em que incentiva a construção civil. Desde então, mais de 2,3 milhões de moradias já foram entregues.

Fonte: Convergência Digital