Metade dos brasileiros segue sem acesso à internet

Por Redação | 13 de Fevereiro de 2015 às 15h37

Uma pesquisa realizada pela Fecomércio RJ/Ipsos apurou que, mesmo com o aumento acentuado nas vendas de smartphones e o avanço da banda larga móvel, ainda há uma boa parcela da população brasileira fora da internet. Apesar de contar com dados de agosto de 2014, a pesquisa mostra uma situação que não parece ter mudado muito de lá para cá: 50,3% dos brasileiros não utilizaram a internet naquele período de 30 dias.

O estudo ainda detectou que 18,3% dos entrevistados que não acessaram a internet afirmaram não ter acesso algum aos dispositivos que permitem conexão – não possuem smartphone, computador, tablet ou qualquer outro meio. Outros 11,4% disseram não ter acesso à rede em si. A pesquisa constatou um número significativo de pessoas que afirmaram não saber utilizar a internet. Entre os que não utilizaram a rede no mês de agosto, 35,7% afirmaram desconhecer como se utiliza o meio de comunicação e 33,5% não possuem interesse.

Dos que acessaram a internet (49,2%), os objetivos são diferentes. Redes sociais são o objetivo principal de 84,2%, seguido de verificar emails com 46% das respostas. Os menores índices apresentados na pesquisa foram procurar emprego (0,8%) e jogar online (0,2%). Ao serem questionados sobre o meio que utilizam para acessar a rede, 69,5% usam um desktop. Na sequência, aparecem os smartphones com 24,4%, tablets com 3,8% e notebooks com 1,7%. Os televisores inteligentes ou SmartTVs aparecem com 0,7% das preferências.

O crescente avanço das conexões móveis ainda está longe de superar os pontos de acesso em domicílio. Do total de entrevistados que utilizam a internet, 76,4% citaram como principal local de acesso a própria casa. Na sequência, com uma proporção bem menor, estão os que acessam do trabalho com 21,3%, de qualquer lugar com 9,4%, local público gratuito com 6,1%, local público pago com 5,8%, casa de parentes ou amigos (2,8%) e instituição de ensino com 2,4%.

Em relação à frequência, 74,2% dos usuários utilizaram a Internet pelo menos uma vez ao dia. O tempo médio de acesso destes entrevistados é de cerca de 1 hora. As classes sociais A e B representam 79,1% dos que afirmaram ter acessado à internet. Este número é de 43,43% para a classe C e 14,7% para as classes D e E.

O estudo Fecomércio RJ/Ipsos foi realizado entre os dias 17 e 29 de setembro e contou com a participação de 1.000 consumidores em 70 cidades brasileiras.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.