Menino de 14 anos processa Snapchat por conta de conteúdo 'ousado'

Por Redação | 07 de Julho de 2016 às 20h16

Nem tudo o que está disponível na internet é apropriado para todos que têm acesso. O Snapchat, que já iniciou sua vida tendo uma reputação de possuir conteúdos "ousados", está sendo processado por um jovem de 14 anos. O menino, junto de sua mãe, entrou com uma ação contra o Snapachat por causa de um conteúdo que apareceu na aba Discover do aplicativo.

Segundo a queixa, a aba "está atualmente engajada em um padrão insidioso e práticas de expor menores a conteúdos danosos, ofensivos, e de conotação sexual, sem aviso para eles ou para seus pais". Além disso, o menor e sua mãe colocaram diversos exemplos de casos em que se sentiram lesados, como num post do BuzzFeed intitulado "23 fotos que são reais demais se você já fez sexo com um pênis". "Fotos inocentes de filmes favoritos de John foram transformadas em imagens obscenas e sexuais", relata o processo.

Em uma declaração, o Snapchat disse que ainda não recebeu a notificação judicial, mas que seus responsáveis se sentem tristes por alguém ter ficado ofendido com os posts. "Nossos parceiros do Discovery têm liberdade editorial, que é algo que nós apoiamos", disse o Snapchat.

O processo quer que o Snapchat pague uma quantia em dinheiro para os acusadores, mas sem revelar o valor. Como o processo tem uma classe variada de ação, isso significa que outras pessoas que se sentem lesadas pelo mesmo motivo também podem participar da ação. Só o tempo dirá quem vencerá essa disputa.

Via: Mashable