Iraque bloqueia internet para impedir que estudantes colem nas provas

Por Redação | 20 de Maio de 2016 às 22h23
photo_camera http://www.bbc.com/portuguese/internacional-36338519

Causando polêmicas pelo mundo, a estratégia do Iraque para evitar que estudantes colem nas provas foi, no mínimo, drástica. A internet, no último sábado, domingo e segunda-feira foi bloqueada no país durantes 3 horas –5h até 8h. Neste período, acontecia uma prova de transição para o ensino médio dos alunos de 12 e 13 anos.

O objetivo? Segundo informações da empresa que monitora a internet no mundo todo, DYN Research, o motivo era impedir que os jovens colassem ou tivessem acesso à prova com antecedência. E não pense que essa "ideia" é recente. "Essa prática tem sido adotada no Iraque nos últimos dois ou três anos", confirmou Ahmed Maher, o correspondente em Bagdá do serviço árabe da BBC. "O problema é que os exames são impressos nesta hora e enviados às escolas. Nos anos passados, alguns empregados tiraram fotos das provas e as colocaram na internet na primeira hora do dia do exame", explicou.

Polêmica

Enquanto a medida é "bem vista por muitas famílias", de acordo com o correspondente da BBC, alguns grupos de direitos humanos manifestaram preocupação: "Devido à situação de segurança no Iraque, é uma medida extrema. Vemos isso como uma atitude realmente desproporcional", disse Deji Olukotun, porta-voz da ONG Access Now, que milita pelos direitos individuais na internet, à revista The Atlantic.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Fonte BBC

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.