Hideo Kojima sai da Konami, mas a empresa nega

Por Redação | 20.10.2015 às 09:51

Não é porque Metal Gear Solid V: The Phantom Pain finalmente chegou aos consoles que a novela entre a Konami e o diretor Hideo Kojima chegou ao fim. Depois de um período sem grandes reviravoltas — como em todo bom folhetim —, eis que novas informações surgem sobre o desenrolar dessa história. E, desta vez, os rumores afirmam que o icônico produtor deu adeus de vez à sua velha casa.

Segundo o jornal The New Yorker, Kojima teria cortado de vez suas relações com a Konami no último dia 9 de outubro, pouco mais de um mês após o lançamento do último game e da conclusão de Metal Gear Online, a parcela multiplayer do jogo. Com isso, o vínculo de quase 30 anos existente entre as duas partes teria acabado de uma vez por todas. Ou não.

Apesar do novo boato, o estúdio disse que não é nada disso e que Hideo Kojima continua dentro de seu quadro de empregados. Um porta-voz da empresa disse ao site japonês Tokyo Sports que a saída de Kojima é meramente temporária e que ele está apenas de férias após o longo e desgastante período de desenvolvimento do último Metal Gear Solid. Segundo a companhia, é comum que as equipes de produção tirem longos períodos de folga após o lançamento de um game.

Porém, quando questionado sobre a suposta festa de despedida de Hideo Kojima que o jornalista Simon Parkin publicou em seu Twitter, o representante da Konami disse não estar ciente do que se trata. Só que, como levanta o site The Verge, é muito provável que a empresa esteja querendo minimizar o impacto dessa saída apenas dizendo que o diretor e sua equipe estão de folga. Afinal, qualquer coisa além disso vai gerar ainda mais comoção.

Por outro lado, não será preciso esperar muito para obter qualquer resposta definitiva. Os rumores iniciais já afirmavam que o contrato de Kojima vence no próximo mês de dezembro e, a partir disso, ele estaria apto a assinar com qualquer outra companhia. E, como muita gente lembrou, a data coincide com o PlayStation Experience, evento em que a Sony deve trazer várias novidades para seus consoles.

Será que há alguma relação? Difícil dizer, mas não custa sonhar. Ainda mais se lembrarmos que a empresa deve dar muito destaque ao PlayStation VR e seria incrível ver Hideo Kojima aparecendo no palco para dizer que o conceito de PT ainda vive e que vai ser destinado à realidade virtual. Quem sabe, não é mesmo?

De qualquer forma, tudo continua nebuloso em relação ao que está por vir. Desde os primeiros relatos sobre a saída do diretor da Konami, todas as informações são liberadas a conta-gotas e a partir de rumores, o que complica uma previsão mais clara do que está acontecendo e do que podemos esperar. A única certeza é que esse relacionamento conturbado já acabou com o aguardado Silent Hills e, de acordo com muitos fãs, afetou também o desenvolvimento de The Phantom Pain, que teve vários capítulos cortados por conta do atrito entre produção e empresa.

Via: Simon Parkin (Twitter), The Verge, Kotaku