GoPro remunerará criadores de conteúdo em novo site de licenciamento de vídeos

Por Redação | 22.07.2015 às 10:18
photo_camera Divulgação/GoPro

A GoPro revelou nesta segunda-feira (20) uma plataforma de licenciamento para que os criadores de vídeos possam comercializar seus conteúdos registrados com as câmeras de ação. O usuário poderá vender materiais para agências, produtores, diretores e veículos especializados.

Além de oferecer ao criador a possibilidade de ganhar dinheiro, o novo portal da empresa norte-americana também vai facilitar a vida dos anunciantes, visto que eles poderão utilizar filtros de busca para encontrar um conteúdo específico e ainda tratar de assuntos que envolvem direitos autorais em um só lugar, eliminando as burocráticas etapas de licenciamento individual.

Por enquanto, o usuário que quiser ter acesso ao portal deve preencher uma solicitação indicada na própria página oficial. Dentro da plataforma, é possível visualizar mais de 600 vídeos amadores e profissionais que já estão disponíveis, bem como baixar arquivos e localizar materiais de nicho.

De acordo com Adam Dornbusch, chefe de programação da GoPro, os preços de licenciamento iniciam a partir de US$ 1 mil, sendo que o valor pode variar de acordo com os fins pretendidos pelo interessado. Vídeos adquiridos para fins comerciais, por exemplo, certamente terão um valor mais elevado.

A parcela que a GoPro pretende "abocanhar" em cada negócio ainda não foi divulgada, mas, segundo a declaração de um porta-voz da companhia ao site Engadget, "a prioridade é recompensar os atletas e a comunidade". A grande diferença entre o conteúdo gerado pelo usuário regular e o material compartilhado no serviço da GoPro é a alta qualidade das imagens e filmagens capturadas com as câmeras de ação.

Via: Adweek, Engadget, GoPro