Google vai avisar sites sobre anúncios invasivos

Por Redação | 09 de Agosto de 2017 às 09h51

A Google está lançando uma iniciativa que vai informar a webmasters e administradores de sites sobre a exibição de anúncios invasivos em suas páginas. Um sistema automatizado será capaz de fazer essa análise e exibir capturas de tela sobre as propagandas, enquanto um relatório indicará maneiras de melhorar a experiência para o usuário.

Os avisos também se estenderão às versões móveis das páginas, que serão avaliadas não apenas pelo posicionamento das propagandas, mas também em velocidade de carregamento ou quantidade de elementos. Não coincidentemente, ambos são aspectos que contam muito para que os sites tenham prioridade nas pesquisas, com os reincidentes, principalmente no campo dos anúncios que invadem a tela, perdendo relevância na busca.

A ideia, de acordo com a Google, é garantir que os criadores de conteúdo permaneçam com suas fontes de receitas intactas. Na visão da empresa, utilizar propagandas invasivas e outros recursos que atrapalhem a experiência do usuário são a melhor forma de garantir que eles jamais retornem a uma página ou instalem bloqueadores de anúncios. Em ambos os casos, o resultado é perda de receita.

Como parte da iniciativa, a companhia também está lançando um guia com as melhores práticas na colocação de propagandas, criado em parceria com a Coalition for Better Ads. A organização que reúne desenvolvedores de páginas web, aplicativos, agências, criadores de conteúdo, redes sociais e empresas de análise e marketing trabalha em prol dos bons anúncios, que trazem, ao mesmo tempo, ganhos para quem trabalha e relevância – ou, pelo menos, nenhum incômodo – para o usuário.

A Google afirma que seu guia de melhores práticas será atualizado constantemente na medida em que a organização atualizar suas indicações. O mesmo, provavelmente, também valerá para as métricas de ranking nas buscas, que devem evoluir ao mesmo passo que novas alternativas forem surgindo, com os webmasters tendo de se manter sempre na vanguarda para garantirem que suas páginas ganhem relevância.

Algumas dicas de aplicação incluem, por exemplo, o uso de propagandas que acompanhem o layout da página, aparecendo nas laterais ou entre o texto, mas nunca de forma sobreposta ao conteúdo exibido. Propagandas que exigem muitos cliques para serem fechadas também são consideradas incômodas pelos usuários, assim como comerciais não relacionados ao conteúdo do site que está sendo acessado.

Fonte: Google