Google traz novo design à versão web do YouTube [ATUALIZADO]

Por Redação | 03 de Maio de 2017 às 08h57

De forma gradual, o YouTube finalmente está trazendo sua nova interface também para os usuários do site de vídeos no navegador. A mudança começou a ser implementada nesta semana para um pequeno número de usuários ao redor do mundo e é baseada no Material Design, os conceitos visuais que permeiam todas as soluções da empresa, principalmente no mundo mobile.

Apesar de aplicada automaticamente para um total restrito de utilizadores, qualquer interessado pode aplicar as modificações por uma URL específica. A intenção do Google é testar se as mudanças de design agradam aos usuários web – já que muitos deles também acessam o YouTube em seus smartphones ou tablets – e buscar unificação. A mudança ainda acontece em caráter de testes, mas a intenção é que o novo visual se torne padrão na medida em que mais e mais pessoas forem aderindo a ele.

As diferenças são significativas. Há mais espaço em branco e espaçamento entre os ícones na tela, enquanto botões como o de se inscrever em um canal ganhou mais destaque. A barra de buscas foi centralizada na parte superior da tela e ganhou um toque mais leve, com tons de cinza, enquanto o menu lateral permanece aberto apenas quando o site é aberto em tela cheia ou em monitores de maior resolução. A ideia, aqui, é dar mais destaque aos vídeos e canais, ampliando a experiência na plataforma.

Outra mudança é a aplicação definitiva do “Dark Mode”, que antes só era acessível pela inclusão de uma URL específica na barra de endereços. Agora, o recurso de “apagar as luzes” ao fundo do vídeo aparece de forma clara no menu lateral, juntamente com outras opções como a linguagem, restrição de conteúdo ou a região em que o usuário está, o que acaba afetando nas sugestões de conteúdo. Voltar ao layout clássico também é simples, bastando um clique.

Quem curte o visual antigo, entretanto, deve aproveitá-lo enquanto é tempo, já que a alteração parece irreversível. De acordo com o YouTube, de 1% a 3% dos usuários receberam automaticamente o Material Design nesta semana, com um número semelhante sendo adicionado a cada semana. O sucesso da empreitada pode aumentar a taxa de conversão automática até que todos tenham acesso à nova interface, algo que, segundo o Google, deve levar, no máximo, alguns meses.

Fonte: YouTube

ATUALIZAÇÃO: Horas depois de liberar o acesso ao Material Design para usuários selecionados e também para aqueles que optarem por utilizá-lo, o Google decidiu por fechar abruptamente o experimento. Sem mais explicações, os usuários que tinham acesso ao novo layout deixaram de vê-lo, enquanto os interessados não conseguem mais ativá-lo manualmente. Oficialmente, a empresa disse apenas que trabalhará com o feedback recebido para liberar a atualização em breve, sem dar mais explicações sobre o fim repentino dos testes.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.