Google priorizará inscrições de notícias nos resultados de pesquisa  

Por Jessica Pinheiro | 14 de Março de 2018 às 14h15
TUDO SOBRE

Google

A Google parece estar expandindo seus meios de comunicação, além de melhorar o relacionamento com as publishers. A nova empreitada da gigante de buscas permitirá que os usuários que se inscreverem em jornais e revistas digitais visualizem com mais evidência as notícias que receberem dos mesmos, em meio aos resultados de buscas.

De acordo com o site Bloomberg, as pessoas envolvidas com o novo recurso revelaram que o motor de busca também planeja compartilhar dados que mostram quem possui mais probabilidade de assinar algum serviço de notícias, como uma forma de beneficiar as editoras a conseguirem mais clientes.

Os executivos das companhias envolvidas e interessadas pretendem divulgar mais detalhes em um evento que ocorre na próxima terça-feira, 20 de março.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Esta mudança decorre de uma decisão da Google no último ano, quando a empresa implantou o “first click free”, uma regra que exigia que o usuário acessasse o site a partir do buscador e conseguisse ter uma prévia gratuita de pelo menos algumas páginas.

Quem não seguisse esta política, teria seus links mostrados com menos destaque na lista de resultados.  A gigante de buscas foi atacada pelas editoras, que alegavam que estavam à mercê do mecanismo de pesquisas. Todavia, a companhia parece estar interessada em corrigir esta postura e amenizar os danos.

Obviamente as alterações não serão feitas por pura e espontânea vontade, ainda mais em uma época que as Fake News reinam entre os usuários mais desavisados. Desta forma, a demanda pelas pessoas que busca um trabalho jornalístico confiável, poderá ser capitalizada pela Google.

Fonte: Engadget

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.