Google One chega ao Brasil com planos familiares de até 30 TB de armazenamento

Por Felipe Demartini | 29 de Agosto de 2018 às 09h52
Divulgação
Tudo sobre

Google

Saiba tudo sobre Google

Ver mais

Os planos Google One foram anunciados nesta terça-feira (28) para o Brasil, Argentina e México. O upgrade na dinâmica de assinaturas pagas da companhia é voltado para seus sistemas de armazenamento, que passam a contar com opções que vão de 100 GB até 30 TB e podem ser compartilhadas entre diferentes serviços, desde o Gmail até plataformas voltadas para a hospedagem de arquivos, como o Fotos ou o Drive.

A ideia da gigante é substituir o atual sistema de assinaturas realizando a conversão de todos os seus usuários para o Google One. Mas, claro, somente terá acesso aos benefícios aqueles que fecharem um pacote de assinatura. Os planos são os seguintes:

  • 15 GB: gratuito;
  • 100 GB: R$ 6,99 por mês | R$ 69,99 por ano;
  • 200 GB: R$ 9,99 por mês | R$ 99,99 por ano;
  • 2 TB: R$ 34,99 por mês | R$ 349,99 por ano;
  • 10 TB: R$ 360 por mês;
  • 20 TB: R$ 720 por mês;
  • 30 TB: R$ 1.080 por mês.

Os membros do Google One poderão ter perfis familiares vinculados a uma mesma conta, pagando mensalidade única e podendo permitir que até cinco pessoas hospedem arquivos na nuvem. Com o tempo, também, os usuários receberão créditos e ofertas exclusivas para a Play Store, a loja de aplicativos da gigante para o Android, e terão o suporte de especialistas falantes do português para que possam tirar o melhor proveito possível do serviço.

Participe do nosso Grupo de Cupons e Descontos no Whatsapp e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

E isso é só o começo já que, de acordo com a companhia, mais incentivos serão adicionados aos pacotes, de forma a torná-los mais atrativos. Desde o início, porém, a empresa já conta com uma bela vantagem, que é o fato de seus serviços estarem totalmente integrados, de forma que o usuário, às vezes, nem mesmo perceba estar utilizando um ou o outro. No Gmail, por exemplo, arquivos maiores são hospedados no Drive, em vez de anexados ao e-mail, enquanto documentos no formato Office são abertos diretamente no Docs ou Sheets, por exemplo.

A novidade chega ao Brasil apenas semanas depois de seu lançamento geral nos EUA, que aconteceu em 15 de agosto. Após um período de testes restrito a quem já era assinante do Google Drive, o serviço foi disponibilizado a todo o público no mês passado. O mesmo deve acontecer no Brasil, com quem já era assinante do Drive recebendo o upgrade e testando as novidades do One, enquanto quem quer embarcar nessa terá de esperar um pouco mais de tempo — inclusive, ao acessar o site do Google One, tudo o que se vê é a mensagem “O Google One vem aí”.

Fonte: Google

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.