Google lança YouTube Kids no Brasil

Por Redação | 30 de Junho de 2016 às 12h45
TUDO SOBRE

YouTube

Lançado em fevereiro de 2015, o YouTube Kids ainda não havia chegado ao Brasil. Agora, um ano e quatro meses depois, o serviço do YouTube voltado para crianças finalmente desembarca por aqui com versões para iOS e Android. A ideia é bem simples: oferecer uma ferramenta restrita na qual vídeos impróprios para crianças serão filtrados.

Além disso, um dos focos da nova ferramenta também é dar mais controle para os pais, que podem conferir exatamente aquilo que seus filhos estão vendo em um tablet ou smartphone. Com o lançamento, o Brasil se junta a outros nove países que já contam com a versão infantil do YouTube.

Segundo informa o próprio Google, o YouTube Kids já foi baixado mais de 10 milhões de vezes desde o seu lançamento, gerando ao todo mais de 10 bilhões de visualizações em vídeos neste período. Como o foco do novo app é na criançada, a sua interface tem mais cores e é significativamente diferente do aplicativo convencional da plataforma de vídeos mais famosa da internet.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Para ampliar o acesso à ferramenta, o aplicativo conta com suporte para comandos de voz, ideal para crianças que ainda não sabem ler nem escrever. Obviamente, ele conta com alguns recursos de segurança, um de seus principais diferenciais, a fim de evitar que imagens impróprias cheguem aos olhos de seus filhos.

Curadoria e propaganda

Além dos conteúdos mias populares que aparecem com destaque na plataforma, o YouTube Kids oferece ainda uma lista de vídeos selecionados pela equipe de curadoria do YouTube. Vale lembrar também que, como este é um serviço gratuito, ele exibirá publicidade, tal qual já acontece com o YouTube convencional.

Segundo o Estadão, o YouTube garante que vai trabalhar de acordo com as leis que regulamentam a publicidade infantil no Brasil, destacando o fato de um anúncio publicitário ser uma propaganda para que as crianças não confundam aquilo com o conteúdo que buscam na plataforma.

Fonte: Estadão

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.