Google investirá US$ 1 milhão em projeto para promover tolerância com YouTubers

Por Redação | 22.09.2016 às 11:44
photo_camera Reprodução

O Google investirá US$ 1 milhão (cerca de R$ 3,2 milhões) em um novo projeto com o objetivo de incentivar youtubers a discutirem problemas sociais como ódio, extremismo e xenofobia, promovendo mensagens de tolerância e empatia entre seus seguidores.

Apelidado de Creators for Change ("criadores pela mudança", em inglês), o programa começará com seis youtubers de diferentes países. O primeiro é Humza Arshad, um comediante britânico criador da série Diary of a Badman, que discute as dificuldades de ser um jovem muçulmano no Reino Unido.

Também serão envolvidos a australiana Natalie Tran; Abdel en Vrai, da Bélgica; Nilam Farooq, da Alemanha; Omar Hussein, da Arábia Saudita; e Barış Özcan, da Turquia. Mais embaixadores para o programa serão revelados "em breve", de acordo com o YouTube.

As bolsas distribuídas pelo Google serão entregues a embaixadores do programa, que também terão acesso aos estúdios do YouTube e a equipamentos de produção. A ideia é que os embaixadores também ajudem a empresa a identificar outros youtubers dispostos a colaborar.

De acordo com Juniper Downs, diretor de políticas do YouTube, a plataforma deseja reforçar seu potencial de trazer mensagens positivas em um momento no qual "a internet é criticada por gerar divisões e desconfiança".

Fonte: The Guardian