Google e Facebook criam recurso para bloquear automaticamente vídeos violentos

Por Redação | 24 de Junho de 2016 às 23h28
TUDO SOBRE

Google

A fim de coibir a divulgação de vídeos com conteúdo considerado agressivo ou extremista (como os de grupos de terroristas) na internet, o Facebook e o Google estão, sem alardes, trabalhando em uma tecnologia que faça o bloqueio automático de vídeos com teor violento. A informação foi revelada por fontes anônimas da agência Reuters na noite de sexta-feira (24), que contaram também que a iniciativa surgiu por conta da atual necessidade de remover e bloquear rapidamente materiais divulgados pelo Estado Islâmico, entre outros grupos do tipo.

Essa tecnologia já havia sido desenvolvida para identificar e deletar conteúdos protegidos por direitos autorais, e a ideia é ampliá-la para os conteúdos extremistas. Por exemplo, ao tentar fazer o upload de um vídeo cujo artista não autoriza a divulgação de suas músicas no YouTube, a ferramenta quase que instantaneamente removerá o conteúdo, informando que o upload infringiu os direitos daquele artista.

Então, quando implementada, a tecnologia será capaz não somente de remover os vídeos originalmente postados pelos grupos terroristas, como também impedir que outros usuários repitam o upload daquele mesmo conteúdo já barrado, como acontece aos montes hoje em dia.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Contudo, as companhias ainda não confirmaram se essa informação está correta, já que não se pronunciaram oficialmente sobre o assunto. Mas, de acordo com as fontes, as empresas estão mantendo silêncio a respeito para que os grupos terroristas não tenham tempo hábil de aprender a manipular o sistema de censura antes mesmo de sua implementação.

Fonte: Reuters

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.