Google anuncia que descontinuará solução de buscas personalizadas Site Search

Por Redação | 22 de Fevereiro de 2017 às 11h41
photo_camera Divulgação

Um dos mais antigos produtos do Google, o Site Search, será descontinuado a partir de 1º de abril. Criada em 2008, a ferramenta de pesquisa paga permite aos sites mais personalização e controle de seus resultados de pesquisa, sem a presença de propagandas.

O anúncio foi feito por e-mail para os atuais usuários, que foram informados que terão que migrar para versão gratuita do serviço, o qual exibe publicidade do Google, assim que seus contratos expirarem. Como cortesia, as licenças existentes que expiram entre 1º de abril e 30 de junho serão prorrogadas por mais três meses, com o suporte técnico e de clientes disponível até o fim do ano.

Com o Google Site Search, sites da web utilizam a tecnologia da empresa para indexação de conteúdo e busca instantânea internamente pagando o valor de uma assinatura proporcional ao volume de buscas realizadas. Sites menores recebem até 20.000 pesquisas anuais por US$ 100, modalidade mais barata. Já planos para grandes empresas previam até meio milhão de pesquisas anuais.

O Google também está orientando seus consumidores a entenderem as diferenças entre o Site Search e o Custom Search Engine (CSE), que continuará existindo. Além da ausência de propaganda na versão paga que está sendo extinta, os usuários também tinham a capacidade de editar o visual dos resultados, para integrá-lo de forma mais orgânica com seus sites e até remover a marca do Google. Com a mudança, essas opções passam a não estar mais disponíveis.

Fonte: 9to5Google

Inscreva-se em nosso canal do YouTube!

Análises, dicas, cobertura de eventos e muito mais. Todo dia tem vídeo novo para você.