Fundador de mercado negro na deep web é condenado à prisão perpétua

Por Redação | 01 de Junho de 2017 às 14h52

Na última quarta-feira (31), a justiça dos Estados Unidos decidiu que Ross Ulbricht, criador de um mercado negro que existia na deep web, seguirá cumprindo pena na prisão perpétua, depois de sua defesa ter tentado nos últimos dois anos amenizar sua situação.

O Silk Road foi lançado em 2011 na Darknet (área voltada para o comércio ilegal na deep web), e, por lá, as pessoas poderiam encomendar produtos como drogas ilícitas, equipamentos contrabandeados e produtos piratas. Possivelmente, o site só não comercializava armas de fogo, moedas falsas e informações roubadas porque as operadoras do domínio proibiam a compra e venda de itens ou serviços voltados a fraudes, ou que pudessem ameaçar a integridade física de outras pessoas. Mas drogas e objetos furtados passavam batido pelo código da operadora.

Em 2013, o FBI conseguiu, enfim, fechar o site, e Ulbricht, cujo codinome era “Dread Pirate Roberts”, acabou sendo preso em 2015. Condenado a permanecer preso pelo resto de sua vida sob acusações de lavagem de dinheiro, tráfico de drogas e invasão de computadores, sua defesa vinha tentando reduzir sua pena, ou permitir liberdade condicional, mas a última decisão da justiça norte-americana acabou com essas esperanças de uma vez por todas.

Fonte: The Verge

Instagram do Canaltech

Acompanhe nossos bastidores e fique por dentro das novidades que estão por vir no CT.