Firefox chega aos aparelhos da linha Fire TV dando suporte ao YouTube

Por Redação | 21 de Dezembro de 2017 às 10h02
Tudo sobre

YouTube

A briga velada entre Google e Amazon continua, mas, pelo menos enquanto essa pendenga não se resolve, a Mozilla veio salvar os usuários. Ao lançar seu navegador Firefox para os dispositivos da linha Fire TV nesta quarta-feira (20), a organização fez questão de deixar claro que, entre diversos outros recursos, o browser dá acesso a sites de mídia, incluindo o YouTube.

É, para felicidade de muitos, uma maneira de os set top boxes continuarem acessando o site de vídeos enquanto o atrito entre as duas companhias não se resolve. É claro, não é a maneira ideal, com a navegação limitada de um navegador operado por um controle remoto, e sem a usabilidade e recursos disponíveis em um aplicativo próprio, mas, ainda assim, é uma alternativa melhor do que possibilidade alguma, caso as ameaças da Google se concretizem.

Como forma de retaliar à retirada de Chromecasts e outros dispositivos proprietários das prateleiras virtuais da Amazon, a gigante anunciou que vai encerrar, no dia 1º de janeiro, o suporte do YouTube a aparelhos das linhas Fire TV e Echo Show, efetivamente removendo um de seus principais e mais populares serviços, principalmente quando se fala em equipamentos de entretenimento doméstico, dos dispositivos da rival.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Firefox promete devolver acesso ao YouTube para donos do Fire TV

A questão, por outro lado, parece estar chegando a um fim. Nesta semana, a Amazon voltou a listar Chromecasts e também termostatos e outros aparelhos da Nest, que também pertence à Google, em seu site, apesar de ainda não os estar vendendo por questões de estoque. A gigante das buscas também disse estar em “conversas produtivas” com a rival para resolver a questão. A esperança é que o YouTube permaneça acessível com a chegada do prazo final.

Caso contrário, pelo menos, há um caminho. Além de permitir o acesso e visualização de vídeos, o Firefox também permite o uso das teclas de atalho, como avançar e pausar, não apenas no YouTube, mas também em outros sites de mídia. Recursos como digitação ou pesquisa por voz, favoritos, registro de logins e outros também fazem parte do pacote.

Como a ideia da Google é justamente restringir os produtos das linhas Fire TV e Echo, não se sabe ao certo se a empresa tomará alguma atitude em relação à postura da Mozilla. Nenhuma das duas se pronunciou sobre o assunto, mas a torcida no mundo da tecnologia é para que todos saiam felizes e contentes dessa disputa, o que também significa um sorriso no rosto dos usuários.

Fonte: The Verge

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.