FBI usou anúncios do Facebook para recrutar espiões russos

Por Natalie Rosa | 03 de Outubro de 2019 às 09h00
Reprodução: CNN
Tudo sobre

Facebook

Saiba tudo sobre Facebook

Ver mais

O FBI usou o Facebook para recrutar espiões russos, segundo noticiou a CNN nesta quarta-feira (2). O departamento de investigação dos Estados Unidos teria circulado anúncios pela rede social desde o dia 11 de setembro deste ano até o fim do verão no país, poucos dias depois, de acordo com pessoas envolvidas no caso e que não se identificaram.

Foram três anúncios com imagens e ilustrações, além de textos explicando qual tipo de trabalho o FBI precisava. "A Rússia possui muitos oficiais da inteligência que vivem em unidades diplomáticas ao redor do mundo. Eles são muito ativos e apresentam riscos para os Estados Unidos e nossos aliados", disse Alan E. Kohler Jr, agente de um escritório do FBI em Washington, em comunicado ao Business Insider.

Kohler conta ainda que a Rússia sempre foi uma ameaça ao país norte-americano e que a interferência eleitoral é uma preocupação importante, mas não a única. "O FBI usa formas variadas de arrecadar informações, incluindo o uso de fontes. O FBI vai usar todas as formas legais disponíveis para localizar os indivíduos com informações que podem ajudar a proteger os Estados Unidos de ameaças à nossa segurança nacional", contou.

"Não é hora de fazer a sua parte?" (Imagem: Reprodução/CNN)
"É hora de construir pontes." (Imagem: Reprodução/CNN)
"Para o seu futuro, para o futuro da sua família." (Imagem: Reprodução/CNN)

Ao clicar no anúncio, o usuário é redirecionado ao site do programa de inteligência de Washington, que contava ao visitante que o FBI está em busca de informações que podem ajudar os Estados Unidos a combater a ameaça russa, e que eles podem visitar o escritório pessoalmente para fazer isso.

"A informação que você der será confidencial, e nossas interações com você serão profissionais e respeitosas a sua segurança", dizia o site.

Fonte: Business Insider via CNN

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.