Ferramenta da Netflix registra um quarto de bilhão de testes de velocidade

Por Redação | 29 de Novembro de 2017 às 13h00
Tudo sobre

Netflix

Lançado em maio do ano passado pela Netflix, o medidor de velocidade de internet FAST.com chegou aos dispositivos móveis em agosto do mesmo ano. Agora, o serviço acaba de registrar o marco histórico de um quarto de bilhão de testes realizados em todo o mundo.

Gratuito, o serviço é fácil e rápido, informando ao usuário a real velocidade de sua conexão naquele momento. Sem a presença de anúncios, a ferramenta tem interface intuitiva e realmente funciona; motivo esse que pode justificar tamanho sucesso. Segundo a companhia, "o número de testes com o FAST.com aumentou aproximadamente 10% por mês desde que começamos".

Então, a Netflix decidiu analisar alguns dados sobre a ferramenta, descobrindo que os países que mais usam o FAST.com são os Estados Unidos, Brasil, Índia, Japão, Canadá, México, Filipinas, Itália, Egito e Reino Unido. Metade desses usuários faz os testes em computadores, enquanto a outra metadae em smartphones ou tablets.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Já ao avaliar em que período do dia as pessoas mais testam suas velocidades de internet, a resposta é: o dia todo. Mas "notamos um pequeno aumento no número de testes feitos à noite durante o horário nobre de transmissão, e picos maiores que ocorrem quando há problemas na rede", explicou a empresa. Já na Índia, a maioria dos testes acontece pela manhã, entre as 9h e 11h do horário local.

Agora, comemorando o marco histórico do FAST.com, a Netflix está lançando uma novidade: o usuário pode compartilhar os resultados de seus testes nas redes sociais para todo mundo ver. Seja para contar vantagem por sua internet de altíssima velocidade, ou para reclamar publicamente de problemas relacionados à conexão, basta fazer o teste normalmente e, após os resultados, clicar no botão do Facebook ou Twitter para fazer o compartilhamento.

Fonte: Netflix

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.