Falhas e lentidão afetam canais do YouTube nesta segunda (17)

Por Redação | 17 de Julho de 2017 às 11h12
photo_camera Reprodução/Youtube

A semana começou com dificuldades para os criadores de conteúdo no YouTube. Desde as primeiras horas da manhã desta segunda-feira (17), o site de vídeos da Google vem sendo alvo de relatos de lentidão e falhas, principalmente no upload de vídeos e edição de descrições para conteúdos já publicados na plataforma.

Os relatos nas redes sociais já começam a se acumular, relatando também problemas com os contadores de inscritos e visualizações, principalmente em vídeos mais recentes. Em testes realizados pelo Canaltech, foi possível sentir lentidão, principalmente na abertura de páginas de descrição e upload de vídeos, tanto nas versões desktop quanto no aplicativo para criadores no sistema operacional Android. No desktop, a famigerada "tela do macaco" apareceu em alguns momentos, principalmente quando se tentava editar um clipe já disponível na plataforma, indicando dificuldades no acesso ao servidor.

Mensagem de erro do YouTube indica problemas no servidor

Também pela aplicação móvel, foi possível observar um problema na abertura de listas de inscritos. As falhas, porém, parecem ser intermitentes, já que não estão presentes para todos os usuários nem se repetem quando se tenta realizar a mesma ação mais de uma vez. Apenas a lentidão nas funções parece ser o padrão.

No app do YouTube, dificuldades para abrir listas de inscritos

O site Down Detector, uma solução independente que reúne relatos de serviços e sites que estão fora do ar, mostra problemas de acesso ao YouTube principalmente na costa leste dos Estados Unidos, países da Europa, Japão e sul da Austrália. Já nas redes sociais, os relatos de intermitência e lentidão parecem atingir com mais frequência os criadores da América Latina.

Gráfico mostra aumento de relatos na manhã desta segunda (17)

O gráfico também mostra dois picos de relatos de problemas nesta segunda-feira (17), um em torno da meia-noite e outro às 10h. As páginas oficiais de status da Google, entretanto, não exibem problemas de funcionamento em soluções como o Gmail, serviços da nuvem ou aplicativos da G Suite, mas tais verificações não contemplam o YouTube.

Por enquanto a Google não se pronunciou sobre problemas ou uma possível interrupção em seus serviços. Como as falhas parecem localizadas e intermitentes, elas devem ser resolvidas nos próximos minutos ou horas, sem que a empresa nem mesmo se pronuncie sobre o assunto.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.