Facebook levará educação digital para moradores em áreas de escassez tecnológica

Por Thaís Augusto | 15 de Abril de 2019 às 16h43
Tudo sobre

Facebook

Saiba tudo sobre Facebook

Ver mais

Uma iniciativa do Facebook quer desenvolver habilidades digitais em moradores de áreas com escassez tecnológica. O "Conectando seu Futuro" foi criado em parceria com a organização social de empoderamento digital Recode.

De acordo com o anúncio desta segunda-feira (15), as primeiras cidades a receber o "Conectando seu Futuro" serão Canela (RS), Itapissuma (PE), Planaltina de Goiás (GO), São Paulo (SP) e Macapá (AP).

Podem se candidatar jovens de 15 a 29 anos que estão em situação de vulnerabilidade social. O projeto de inclusão digital também apresentará aos participantes tecnologias como a inteligência artificial e realidade aumentada.

Inclusão digital é tema do novo projeto do Facebook no Brasil

O treinamento completo de cada turma terá duração de 80 horas. Entre as atividades, os participantes deverão criar o protótipo de um aplicativo que tenha potencial para impactar positivamente a comunidade local dos alunos.

O curso ainda capacitará os "estudantes" no domínio dos programas digitais mais usados atualmente. A Internet das Coisas também será o assunto de uma das aulas. Além disso, os participantes receberão um treinamento para a entrada ao mercado de trabalho.

"Com o Conectando seu Futuro, queremos que os alunos possam aprender as habilidades básicas que os ajudarão a conseguir emprego, assim como aquelas que os ajudarão a buscar por oportunidades de trabalho, além de apresentar para eles as tecnologias às quais não teriam acesso, como a inteligência artificial", disse a gerente de políticas públicas do Facebook, Andrea Leal.

Em uma pesquisa encomendada pelo Facebook à Morning Consult, 82% dos pequenos e médios empresários do Brasil afirmaram considerar as habilidades digitais mais importantes do que onde os candidatos estudaram. "Isso demonstra a importância dos programas que ajudam jovens em vulnerabilidade social a construir essas habilidades", comentou Andrea.

O "Conectando seu Futuro" quer desenvolver competências tecnológicas, socioemocionais e digitais em cerca de mil pessoas em 10 municípios brasileiros ao longo deste ano.

Cineastas mirins

Esta não é a primeira iniciativa do Facebook em parceria com a Recode com foco em empoderamento digital. No ano passado, as empresas criaram o projeto Cineastas 360º – Realidade Virtual para Impacto Social. A cada semestre, cinco escolas públicas são escolhidas, uma em cada região do Brasil, para capacitar alunos e professores a desenvolver roteiros, filmar usando tecnologia 360° e editar vídeos que retratem a realidade de suas comunidades.

Na primeira edição do projeto, um dos curta metragens produzidos, o “Francisca", chegou ser exibido na Assembleia Geral da ONU, em Nova York, em setembro do ano passado.

Para este ano, foram selecionadas escolas das cidades de Campina Grande (PB), Campinas (SP), Campo Grande (MS), Capinzal (SC) e São Félix do Tocantins (TO). Para cada unidade de ensino, o Facebook doa três kits com equipamentos Gear VR, celular Samsung, câmera e tripé, os quais permanecem nas escolas após o fim do projeto.

"O corpo docente é capacitado para usar a nova tecnologia no ensino, o que proporciona à escola a possibilidade de usar o kit de equipamentos com outras turmas. Escolas participantes do projeto em 2018 criaram disciplinas eletivas para integrar a tecnologia em 360º no planejamento pedagógico", explicou o Facebook em comunicado.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.