Facebook lança “Express WiFi” para aumentar conectividade na Índia

Por Redação | 09 de Agosto de 2016 às 07h23

Não é de hoje que a companhia de Mark Zuckerbeg tem planos de levar conexão à internet para os quatro cantos do mundo, e um grande passo para o sucesso dos planos do Facebook acaba de ser dado na Índia: a companhia lançou o serviço “Express WiFi” no país. Pago, ele permitirá aos usuários indianos de smartphones e tablets que estejam em locais com carência de infraestrutura contratar dados de provedores de internet locais para acessar a rede.

O serviço começará a ser oferecido como um projeto piloto em parceria com as operadoras de telecomunicações atuantes no país, já estando em funcionamento em 125 pontos rurais de Wi-Fi na Índia. “O Express WiFi dará mais poder aos empresários locais para ajudá-los a fornecer internet de qualidade à população e receber uma renda fixa. Ao trabalhar com provedores locais ou operadoras de telefonia móvel, eles se tornam capazes de usar o software fornecido pelo Facebook para conectar suas comunidades”, disse o Facebook no site do Internet.org - projeto cujo objetivo é levar internet a todo o mundo em um futuro próximo.

A Índia é o segundo maior mercado do Facebook em todo o mundo, ficando atrás apenas dos Estados Unidos graças a seus mais de 142 milhões de usuários ativos na rede social. Desse número total, a maioria dos usuários acessa o serviço por meio de dispositivos móveis, o que faz do país um ótimo terreno de testes (e ponto inicial) para seus novos serviços de internet.

O problema neste momento é que a Índia é um tanto quanto desconfiada quanto aos planos ambiciosos da empresa de Zuckerberg, e esse ceticismo todo só ficou ainda mais forte quando o país baniu o Free Basics - projeto de internet gratuita do Facebook. Na época, o CEO da companhia chegou a dizer estar decepcionado com a decisão do governo indiano, embora ainda estivesse comprometido com a quebra de barreiras na conectividade da Índia. “Nós continuaremos trabalhando até que todos tenham acesso à Internet”, disse Zuckerberg.

Fonte: BBC

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.