Existem mais robôs que humanos usando a internet, e isso é preocupante

Por Redação | 07 de Fevereiro de 2017 às 00h38

Quando você entra na Internet e começa a interagir em sites ou serviços, frequentemente imagina que do lado de lá da "linha" tem outra pessoa, certo? Mas apesar do enorme boom de informação que vivemos nas últimas décadas, nem sempre um smartphone, um tablet, um laptop ou um computador de mesa está sendo operado por um humano de verdade na outra ponta.

Segundo um novo relatório postado pelo Axios, mais da metade de todo o tráfego mundial da internet já parte de meros robôs, como são conhecidos os aplicativos designados a fazer de tudo um pouco na rede. Os bots (diminutivo carinhoso para robots) são amplamente utilizados para postar frases de efeito nas redes sociais, realizar pesquisas, monitorar atividade online e até sequestrar dados bancários (phishing). E eles estão cada vez mais parecidos com os humanos em questões de habilidades na web.

Assim como as pessoas, tem bots de todos os tipos: dos mais bonzinhos aos mais criminosos. E a boa parte da notícia é que, em 2016, a quantidade de robôs "do bem" cresceu substancialmente, enquanto o tráfego compreendido por robôs criminosos se manteve estável.

Já a parte ruim é que, apesar de ter estagnado, a quantidade de bots usados para o mal causa um rombo de US$ 7 bilhões na indústria a cada ano, graças a fraudes em publicidade e e-commerce. E o que mais nos preocupa é a quantidade: já temos mais robôs que humanos tomando conta da internet.

Fonte: Axios

Siga o Canaltech no Twitter!

Não perca nenhuma novidade do mundo da tecnologia.