Empresas são acusadas de disfarçar publicidade infantil como conteúdo no YouTube

Por Redação | 21 de Outubro de 2016 às 19h29
Tudo sobre

YouTube

Agências de marketing estão sendo acusadas de disfarçar publicidade infantil como outros conteúdos no YouTube, uma prática “injusta e enganosa”, em uma ação de três grupos de de defesa da privacidade junto à Comissão Federal de Comércio dos EUA.

Segundo o documento, empresas como a Maker Studios, da Disney, e a AwesomenessTV, da DreamWorks, usam “influenciadores” populares no YouTube para mostrar produtos direcionados ao público infantil no mundo todo, com vídeos que se disfarçam de conteúdo não patrocinado. O YouTube e a sua empresa mãe, o Google, ganham dinheiro por meio da publicidade vendida juntamente com os vídeos.

Os vídeos em questão, normalmente não identificados como publicidade, incluem propagandas para doces, junkie food e outros produtos, com personalidades conhecidas do YouTube, algumas das quais são crianças, jogando games, abrindo caixas de brinquedos, ou provando alimentos.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

“Em muitos casos, esses anúncios fazem as crianças quererem produtos não saudáveis e caros”, afirma Laura Moy, uma advogada que representa os grupos.

Procurados, representantes do YouTube, Maker Studios e AwesomenessTV não responderam aos pedidos de comentário sobre o assunto.

Fonte: IDGNow

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.